Notícias Regionais

Projetos esportivos nos bairros de Criciúma

Presidente da Fundação está se reunindo com os líderes das comunidades para em conjunto organizarem as atividades

Criciúma – Seja por meio de projetos que envolvam o futebol, o handebol e o vôlei ou ainda através de esportes individuais como o tênis, o atletismo ou a natação. É dessa forma que a Fundação Municipal de Esportes de Criciúma (FME) quer chegar até os bairros da cidade. O presidente da FME, Renato Valvassori, tem se reunido diariamente com os presidentes de associações de moradores para apresentar os planos e analisar as estruturas dos locais para receber as equipes da Fundação.

De acordo com Valvassori, em média 11 projetos estão programados para serem realizados para pessoas de todas as idades, desde as crianças até os idosos. Entretanto, os mais novos são o foco da ação. “Queremos atingir o maior número de pessoas possível. A inclusão social é o nosso objetivo principal, sobretudo, tirando crianças das ruas por meio do esporte”, avalia.

Dentro dos projetos também serão buscados novos atletas para competir pela FME, representando Criciúma nas competições da Federação Catarinense de Esporte (Fesporte). “Sabemos que há muitos talentos na nossa cidade e que eles precisam ser encontrados. O futuro do esporte criciumense está nas escolas e brincando nos bairros”, pontua Valvassori.


Entre as atividades programadas estão os projetos “Brincando nos bairros”, que visa a recreação para as crianças, o “Projeto Tigrinhos”, em parceria com o Criciúma Esporte Clube, o “Donos da Bola, “Mineirando Talentos”, “Tênis Comunitário”, “Correndo pelo Futuro”, “Vida e Saúde na 3ª idade”, entre outros.

Associações de bairros comemoram a iniciativa

Jonato dos Santos está à frente da Associação de Moradores do Bairro Mineira Nova e acredita que a FME entrando no bairro é uma iniciativa para que a comunidade continue tendo pequenos índices de jovens nas ruas. “Não temos muitos jovens que realizam infrações nas ruas aqui no bairro, mas sabemos que precisamos de trabalhos de prevenção que cuidem das nossas crianças e, para isso, nada melhor do que o esporte”, destaca Santos.

O presidente já está procurando o local ideal no local para que os projetos sejam realizados. “Seja nas escolas, igrejas, de casa em casa, mas vamos divulgar estes projetos e fazer com que eles ocorram”, acrescenta.


Fotos: Milena Santos
Matheus Reis

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios