Medicina e Saúde

50 Produtos Químicos que usamos que causam câncer

Substâncias encontradas em batatas fritas (acrilamida), Protetor solar, Sabonete Líquido se tiverem uso combinados podem levar ao câncer

por Mauro Queiroz

Estudos anteriores pode ter subestimado o perigo de produtos químicos que usamos diaramente, porque eles não levaram em conta o risco das substâncias químicas representam juntos (quando combinadas). Neste novo estudo um grupo de trabalho de 174 cientistas em 28 países revisaram estudos observando a ligação entre as misturas de produtos químicos “comuns e inevitáveis” e o desenvolvimento do câncer.

Delicioso mas mortal: Uma nova pesquisa revelou os 50 produtos químicos diários – incluindo um encontrado em batatas fritas – que em combinação com outros pode aumentar o risco de câncer

Neste estudo os pesquisadores sugerem a combinação com os outros produtos químicos podem provocar mudanças que podem levar ao câncer. Entre os produtos químicos foram assinalados triclosan, encontrado em sabonete líquido  anti-bacteriano, ftalatos, encontrados em plásticos, dióxido de titânio, utilizado na proteção solar, e de acrilamida, que é encontrado nas batatas fritas.

O relatório diz: “As abordagens atuais nos estudos da exposição a produtos químicos e carcinogênese (formação de câncer) não foram projetados para atender efeitos em baixas concentrações ou em misturas complexas.”

O Biólogo especializado em câncer Dr Hemad Yasaei, da Universidade Brunel, em Londres, disse: “Esta pesquisa apóia a idéia de que os produtos químicos que não são considerados nocivos, combinados vão se acumulando em nossos corpos para então desencadear o câncer. E isto pode estar por trás da epidemia de câncer global que estamos presenciando. Precisamos urgentemente de se concentrar mais recursos para a investigação do efeito da exposição a baixas doses de misturas de produtos químicos nos alimentos que comemos, no ar que respiramos e a água que bebemos.”

Estimativas atuais da pesquisa aponta que os produtos químicos podem ser responsáveis por pelo menos cinco tipos de câncer. Com a população humana rotineiramente expostas a milhares de produtos químicos, os efeitos devem ser melhor compreendidos para reduzir a incidência de câncer em todo o mundo.

As abordagens atuais para teste de câncer apenas a substância por conta própria, mas outros produtos químicos se acumulam em nossos corpos ao longo do tempo e estão presentes em nossos ambientes.

Proteção?

Enquanto a maioria de nós coloca protetor solar para nos proteger do câncer, uma nova pesquisa sugere alguns produtos químicos em protetor solar poderia ser combinando com outros produtos químicos ao qual em outros objetos do cotidiano para causar uma “epidemia global do câncer ‘

Um exemplo é a atrazina, um herbicida que é usado em culturas de milho nos EUA e que é considerado como seguro. Mas, ao entrar em contato com o níquel, que é encontrado em panelas e frigideiras – mas os efeitos dos dois produtos químicos em combinação sobre o corpo humano não são conhecidos.

Dr Yasaei disse que as várias permutações de todas as diferentes substâncias químicas foram quase impossível experimentar juntos.

Sobre os Ftalatos

Os ftalatos são um conjunto de substâncias capazes de tornar plásticos rígidos em plásticos maleáveis. São usaddos nas embalagens de cosméticos, e em outros produtos, tanto para adultos como para crianças e bebês, como nos hidratantes, spray de cabelo, sabonetes líquidos, antitranspirantes, desodorantes, condicionadores e xampus. os ftalatos dão aquele aspecto líquido ou de cremosidade. São responsáveis pelo brilho e pela fixação da cor de esmaltes e permitem que perfumes durem mais tempo.

Nas embalagens dos produtos, raramente há a descrição literal “ftalato”. Os têrmos mais comuns são phthalates, dibutylphthalate (DBP), dimethylphthalate (DMP), diethylphthalate (DEP), ou em português como : butila, benzila, dibutila, diciclohexila, dietila, diisodecila, di-2-etilexila e dioctila.

Além dos cosméticos, os ftalatos podem estar presentes em embalagens para alimentos, copos plásticos, tubos de PVC, aparatos médicos (bolsas de sangue e para aplicação de medicamentos como o soro) e brinquedos para crianças.

Os ftalatos não conseguem se ligar quimicamente aos plásticos. Nos cosméticos, eles também são liberados conforme o uso. Isso significa que os ftalatos saem dos plásticos e de outros produtos, como os cosméticos, e entram em contato com o ser humano e com o ambiente.

O ser humano pode ser exposto aos ftalatos por via oral, via aérea (respirar ar com ftalato) e dérmica.

Podemos ingerir ftalatos por conta da presença dessas substâncias em embalagens para alimentos e copos plásticos. Como os ftalatos saem do plástico, eles entram em contato com o alimento que será ingerido por nós. Atenção especial deve ser dada para alimentos gordurosos que vêm acondicionados em embalagens plásticas. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), os ftalatos são moléculas parecidas com as de gordura, e podem facilmente ligar-se a elas nos alimentos. Um estudo aponta para a liberação de ftalatos em alimentos que foram acondicionados em filmes de PVC, aquele filme transparente que você normalmente embala o seu lanche. A presença dos ftalatos foi identificada nos alimentos que possuem gordura.

Para as crianças, o risco de ingestão de ftalatos está associado a presença das substâncias em brinquedos infantis. Também podemos ingerir ftalatos por meio da água. Os tubos de PVC dos encanamentos são fontes de exposição aos ftalatos.

Alguns produtos químicos cancerígenos:

Resinas Epóxi Bisfenol – Plásticos
Ciprodinil Fungicida
Óleo Adulterantes
Etoxazole Insecticida
Imazalil Fungicida
Lactofen Herbicida
Maneb Fungicida
Metoxicloro Insecticida
Éteres Decabromodifenil – Retardante de Chama
Ftalatos Plasticizer
Fosalona Inseticida
Difeniléteres Polibromados Ignífugos
Fungicida Prochloraz
Pyridaben Inseticida
Acetato de trembolona Esteróide Anabolizante Sintético

Fonte:
http://carcin.oxfordjournals.org/

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo