Notícias Regionais

Imbituba tem grandes prejuízos após a chuva

Imbituba – Em Imbituba a destruição de ruas e estradas devido aos freqüentes temporais não foi diferente de toda região e estado, o prejuízo calculado ainda de forma superficial é de mais de R$ 200 mil. Durante esta madrugada a equipe da Secretaria de Infraestrutura e Administração, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e o Coordenador da Defesa Civil do Município, Maurício Mazzoca Pires, estiveram nos bairros mais atingidos auxiliando as famílias que tiveram suas casas alagadas ou com risco de desabamento.

Nesta manhã, o Prefeito Beto Martins reuniu todos os envolvidos e traçou um plano de ação para na medida do possível, chegar a todos os bairros.

Segundo relatórios apresentados pela Seinfra e as Secretarias Regionais do Norte e Sul, os bairros mais atingidos foram Vila Alvorada (Aguada), Ribanceira, Barra da Ibiraquera e Paes Leme (Lomba). O Comandante do Corpo de Bombeiros, Capitão Marco Aurélio Barcelos, adiantou que embora haja muitos estragos, nenhuma família sofreu dano físico. O Prefeito ficou aliviado com a informação e entende que o maior problema do Município provocado pelo clima é a parte de infraestrutura, onde os maiores danos são em locais de área invadida ou ruas abertas irregularmente.

Embora as máquinas possam trabalhar somente quando a chuva der uma trégua, o Prefeito pediu agilidade e já tomou providências como à contratação de empresas para recuperação da estrada da Ribanceira, Paes Leme, drenagem no bairro de Vila Alvorada, já quanto ao asfalto, assim que parar a chuva a empresa já está posicionada a começar os trabalhos para recuperação do mesmo, principalmente na Avenida Marieta Konder Bornhausen, onde mesmo recém asfaltada não resistiu a quantidade de chuva. “Pedimos paciência à população. Não temos o poder de mudar o tempo, todavia, temos um plano de ação forte onde estaremos depositando toda nossa energia para colocá-lo em prática”, destacou Beto Martins.


Outra medida tomada na reunião foi à criação da Diretoria de Defesa Civil já encaminhada para Câmara de Vereadores. Com a criação da Diretoria, além de se tornar legítima, para o próximo ano deverá contar com orçamento próprio afim de que se tenha além de maior agilidade, maior autonomia. “Não podemos achar que estes temporais são casos isolados, cada vez mais somos acometidos por esta situação e a cada ano fica mais freqüente, por isso a criação desta Diretoria é fundamental”, explicou o Prefeito.

AI/Redação24Horas

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios