Net Business

Sistema de Inteligência Competitiva do Sebrae (SIS) estimula desempenho da Verona Móveis

Chapecó – Sistema de Inteligência Competitiva do Sebrae/SC estimulou criação de um conselho administrativo, uma pesquisa de mercado e o investimento em novas máquinas

Uma das empresas moveleiras mais importantes do Oeste catarinense e do Sul do Brasil, a Verona Móveis, de Chapecó, promoveu em 2009 melhorias significativas em seu parque fabril. As mudanças foram estimuladas pelo SIS, o Sistema de Inteligência Competitiva Setorial do Sebrae/SC. O empresário Osni Verona – presidente do Sindicato das Indústrias Madeireiras, Moveleiras e Similares (Simovale) e da Associação de Madeireiros e Moveleiros do Oeste Catarinense (Amoesc) – criou um conselho administrativo, investiu em infraestrutura e realizou uma importante pesquisa de mercado depois de ler e colocar em prática informações de três relatórios publicados no portal do projeto (www.sebrae-sc.com.br/sis). “Os relatórios foram de grande valia, ajudaram-me a tomar decisões assertivas. É isso que me motiva a participar do SIS”, afirma Osni.

A descrição detalhada de cargos e funções exposta no relatório Pesquisa Salarial, estimulou Osni a criar o Conselho Administrativo da Verona Móveis, para o qual indicou seis funcionários que já se destacavam como líderes em seus respectivos setores de atuação. Osni realiza reuniões semanais com a equipe, que o auxilia na detecção de necessidades, dificuldades e no levantamento de novas ideias junto aos demais funcionários. Além disso, permite que Osni exerça suas atividades no sindicato sem prejuízos para a administração da fábrica. “Padronizamos nossa comunicação e melhoramos o entendimento entre os colegas de trabalho. O conselho pode tomar decisões sem esperar por mim. Os líderes são estimulados a fazer isso na minha ausência porque sabem qual seria minha posição diante de um problema do dia-a-dia. Assim, o trabalho não para”, diz o empresário.

Hoje, empresário e conselho analisam juntos os resultados da Verona, avaliam as sugestões vindas dos diferentes setores e planejam as ações para os próximos dias. A análise de indicadores sobre retrabalhos, por exemplo, indica providencias a serem tomadas. Esse procedimento, segundo Verona, tem refletido de forma positiva na produtividade da fábrica: “Em alguns meses o ganho foi de 2%, 3%, mas já tivemos ganhos de até 12%. Hoje, com 100 funcionários, a produtividade por pessoa está maior do que quando tínhamos 146 pessoas na equipe”.


Infraestrutura

Em setembro, Osni foi avisado pela equipe do SIS sobre a publicação do relatório Linhas de Crédito para Capital de Giro. O empresário escolheu uma das linhas de crédito mencionadas no documento e viabilizou a compra de mais uma lixadeira para torneados, antiga demanda da fábrica. A aquisição impulsionou mais investimentos em infraestrutura: “Comprei mais R$ 230 mil em máquinas, que chegam em janeiro. Com isso, esperamos ter mais produtividade, maior qualidade e respostas mais rápidas quanto ao prazo de entrega.

Pesquisa de mercado

O relatório Como elaborar uma pesquisa de mercado incentivou Osni a viajar por Santa Catarina e Rio Grande do Sul a fim de visitar clientes, detectar expectativas e verificar a exposição dos produtos da Verona em vitrines e no interior das lojas. Na viagem, ele percebeu problemas especialmente em lojas de clientes que não compravam móveis da Verona há algum tempo: desinformação dos vendedores sobre as peças e maneiras inadequadas de expor e manusear os produtos, fatores que comprometiam a competitividade e, por consequencia, a venda, dos móveis Verona em relação aos dos demais fabricantes.


No retorno a Chapecó, o empresário realizou um treinamento com os representantes comerciais empresa. Orientou-os sobre aspectos técnicos, como processo produtivo e materiais utilizados, qualidade e acabamento dos móveis. “Depois disso, fizemos um trabalho junto aos lojistas, orientando-os a expor os produtos de maneira harmônica. Aumentamos as vendas de final de ano porque voltamos a vender para clientes que estavam inativos.”

Talita Garcia
ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios