Notícias Regionais

Semana da Amamentação em Florianópolis abre com Hora do Mamaço

Florianópolis – Uma grande reunião de mamães amamentando seus bebês ao ar livre para reforçar a importância do aleitamento materno é a proposta do “mamaço”, que será realizado no dia 1º de agosto, às 14h, no Parque de Coqueiros.

O encontro é parte da programação da Semana de Aleitamento Materno, de 1º a 07 de agosto, que terá como tema “Locais de Trabalho Amigos da Amamentação”. Em Florianópolis, o mês inteiro é chamado de Agosto Dourado, que tem como símbolo um laço da mesma cor. A programação já está sendo desenvolvida pela equipe do Capital Criança, da Secretaria de Saúde.

No Brasil, a Pesquisa Nacional de Prevalência em Aleitamento Materno apontou uma prevalência de 41% de crianças menores de 6 meses amamentadas exclusivamente com leite materno. Em Florianópolis, dados desta mesma pesquisa indicam índices de 63,8% em menores de 4 meses e de 52,4% em menores de 6 meses, sendo considerada a segunda capital com a melhor prevalência de aleitamento materno exclusivo.

A Capital catarinense desenvolve ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, um esforço no sentido de aumentar ainda mais as taxas de amamentação, como os hospitais amigos da criança, bancos de leite, Central de Incentivo ao Aleitamento Materno, grupos de gestantes na iniciativa pública e privada e adesão à licença maternidade de 6 meses para as funcionárias municipais.

As oficinas da estratégia são realizadas nos centros de saúde, que também oferecem Cantinhos da Amamentação – espaços destinados à promoção do aleitamento materno. Além disso, o projeto Creche Amiga da Amamentação foi implantado em 32 unidades de Educação Infantil da Secretaria de Educação de Florianópolis, em parceria com o Capital Criança, através do Programa Saúde na Escola.

Trabalho

Nos últimos 22 anos, muito foi realizado em todo o mundo para apoiar as mulheres que trabalham e amamentam. A adoção da Convenção 183 da OIT (Organização Internacional do Trabalho) sobre Proteção da Maternidade é um avanço e amplia e fortalece os direitos da maternidade.

“Temos visto ações significativas nos locais de trabalho para apoiar a mulher que trabalha e amamenta, como as salas de apoio a amamentação ou espaços amigos da mulher que amamenta, premiação para empregadores amigos da mulher trabalhadora que amamenta, bem como uma maior conscientização sobre os direitos da trabalhadora para amamentar”, afirma a coordenadora do Capital Criança, Marcia Del Castanhel. Mas o tema foi escolhido para a Semana de Aleitamento Materno porque ainda há muitas metas a serem alcançadas.

Programação

Sábado – 1º de agosto

14h – Hora do Mamaço – Parque de Coqueiros

– Oficina de Cuidados com a Saúde Bucal do Bebê

– Roda de conversa com o Grupo Gestar para gestantes e puérperas

– Oficina de Atividade Física e Dinâmica Postural para gestantes e puérperas

– Oficina de sling e shantala

Quarta-feira – 5 de agosto

1º seminário Regional de Aleitamento Materno/ 4º Seminário do Comitê de Aleitamento Materno e Alimentação Saudável de Florianópolis/Conamas – para profissionais de saúde

Sexta-feira – 7 de agosto

Participação da Secretaria de Saúde em ato público da 2ª etapa da campanha Justiça pela Paz em Casa, no Largo da Catedral, promovido pelo Ministério Público

Terça-feira – 25 de agosto

1º Congresso Catarinense de Aleitamento Materno – voltado a profissionais de saúde, na Alesc (programação em anexo)

* Centros de saúde do município participam da campanha Agosto Dourado com decoração especial dos ambientes e ações de conscientização.

Carla Argolo
ai/UNOPress

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo