Notícias Regionais

Secretaria de Saúde de Blumenau convoca população para o combate a dengue

Blumenau – A Secretaria de Saúde de Blumenau, através da Vigilância Sanitária, está orientando a população para que faça a limpeza de terrenos, estejam eles ocupados ou não, retirada de lixo das residências, além de evitar que recipientes fiquem com água. O chamamento de ajuda da população para o combate a dengue com a participação de setores estratégicos da Secretaria de Saúde, entre eles a Vigilância Epidemiológica.

Segundo o diretor de Vigilância em Saúde, Eduardo Weise, o município de Itajaí está passando por uma situação crítica em função dos casos confirmados de dengue e pelo número expressivo de pessoas aguardando pelo resultado dos exames. “Apesar de Blumenau estar a frente no Estado em relação ao combate a dengue, é importante lembrar que Itajaí é um município vizinho. Neste período do ano, há uma circulação expressiva de pessoas que chegam aqui e outras que saem de Blumenau para o litoral. Por isso, pedimos uma participação ativa da população no apoio ao combate da dengue, além de reforçar os cuidados em casa”, diz Eduardo.

Segundo a responsável pela Vigilância Epidemiológica, Ivonete dos Santos, Blumenau mantém um rígido controle e os casos de dengue no município são de pessoas de fora da cidade.

Para intensificar o combate a dengue e ajudar no controle da doença, a Secretaria de Saúde também está elaborando uma capacitação para os 221 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) do município que realizam visitas às residências. Na Semana passada, a Vigilância Epidemiológica promoveu um treinamento contra a doença e também para a febre chicungunha aos profissionais médicos da rede, além de equipes de enfermagem.


Controle

Em Blumenau, a equipe do setor de combate a dengue mantém 1050 armadilhas para coleta do mosquito montada em diversos pontos da cidade, como ferros-velhos, transportadoras, cemitérios e borracharias, por exemplo. “Na semana passada fizemos novamente uma visita nos 54 ferros-velhos da cidade. Não foi encontrado nenhum mosquito da dengue”, diz a coordenadora do Programa de Combate a Dengue, Eleandra Casani.

Segundo Eduardo Weise, o trabalho de controle da dengue em Blumenau é feito de forma rápida, tanto na coleta do material nas armadilhas montadas nos locais estratégicos como no encaminhamento para análise no laboratório. “Todo o processo é feito no mesmo dia. Caso confirme o foco no local onde o material foi coletado, a equipe do controle da dengue tomará as devidas providências, como passar larvicida em um raio de 300 metros do local”, diz.

Sintomas da dengue


A dengue é uma doença infecciosa febril causada por um arbovírus, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Ela é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti infectado. O sintoma é uma febre aguda, com duração máxima de sete dias, acompanhada de pelo menos dois dos seguintes sintomas: cefaléia, dor retro-orbitária, mialgia, artralgia, prostração ou exantema, associados ou não à presença de sangramentos ou hemorragias.

A Secretaria de Saúde também reforça que a comunidade pode participar mais ativamente no controle e combate da dengue informando sobre locais que apresentem ou não condições favoráveis para a proliferação do mosquito, como terrenos baldios, piscinas sem manutenção, por exemplo. As denúncias podem ser feitas através da OuvidoriaSus, pelo telefone 3381-7770.

Confira como se proteger da dengue:

Colocar areia nos pratinhos de plantas.


Colocar tampas de garrafas, cascas de ovos, latas e outras embalagens vazias em sacos plásticos bem fechados, deixando-os fora do alcance de animais.

Remover duas vezes por semana a água acumulada em folhas de plantas como bromélias.

Guardar garrafas com gargalo para baixo e pneus secos e cobertos.

Manter lixeiras tampadas.


Lavar com escova os potes de comida e água dos animais uma vez por semana.

Colocar cimento nos cacos de vidro dos muros.

Manter calhas para água de chuva desentupidas.

Tratar a água da piscina com cloro, limpando-a uma vez por semana.


Manter ralos fechados e desentupidos.

Evitar acumular entulhos (eles podem se tornar local de foco do mosquito da dengue).

Manter caixas d’água limpas e tampadas.

Eliminar qualquer depósito que possa haver acúmulo de água, evitando dessa forma a existência de criadouros para o Aedes aegypti – vetor da dengue.


Joni César
ai/UNOPress

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios