Notícias Regionais

Seara vacina contra tristeza parasitária bovina

Seara – A Secretaria Municipal da Agricultura está realizando inscrições para interessados na vacinação contra tristeza parasitária bovina. O roteiro de vacinação iniciará no final de abril imunizando mais de 5.500 animais.

De acordo com o Diretor da Agricultura José Reinaldo Ost, as inscrições são somente para produtores que não participam do programa e tenham animais nascidos nesse ano, aqueles que irão fazer o reforço anual, já estão inclusos no cronograma. “O programa existe há quatro anos, e os resultados nas propriedades que passaram pelo tratamento são excelentes. É importante prevenir para uma melhor produção e sustentabilidade do rebanho de leite”.

A vacinação faz parte do Programa “Vaca 100” da Secretaria Municipal da Agricultura. Ost destaca ainda que, “bezerras de três meses até um ano a empresa realiza a vacinação sem custo para o produtor, os demais tem o custo médio de sete reais por animal”. Interessados poderão se inscrever na Secretaria da Agricultura, Cressol e Sintraf.

Tristeza Parasitária Bovina


A Tristeza Parasitária Bovina (TPB) é uma doença infecciosa parasitária, tendo como agente etiológico dois parasitas: uma riquetsia do gênero Anaplasma (Anaplasmose) e um protozoário do gênero Babesia (Babesiose). O vetor mais comum destes parasitas é o carrapato Boophilus microplus. No entanto a transmissão pode também ser feita pela mosca hematófaga Stomoxys calcitrans, por tabanídeos e culicídios.

No Brasil, as espécies dos principais agentes etiológicos desta enfermidade são: Anaplasma marginale, Babesia bovis e Babesia bigemina. O impacto econômico desta doença está relacionado com a redução da produção de carne e leite, o custo do tratamento, gastos com medidas preventivas, quando há a introdução de animais de áreas livres em áreas endêmicas, por causar infertilidade temporária do rebanho bovino, mas principalmente devido à mortalidade dos animais.

Fonte: Info Escola


Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios