Notícias Regionais

São ativados os semi-intensivos do Hospital Santa Catarina

Criciúma – Para melhor atender a população, o governo do Município de Criciúma deu mais um passo referente ao atendimento no hospital Santa Catarina. Desde a semana passada, três semi-intesivos foram ativados. Essa unidade dá suporte à Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Há muitas crianças que, mesmo tendo alta da UTI, necessitam de tratamento, uns para conseguir atingir o quilo ideal, outros através dos medicamentos. O semi-intensivo é muito importante”, disse a diretora administrativa da entidade, Neli Amboni de Souza.

O secretário do sistema da Saúde Paulo Conti acrescenta que, em menos de 60 dias, após os incêndios registrados no local, também foram reativados os 10 leitos da UTI. “Nesse período também mudamos o quadro de funcionários, sendo que alguns foram chamados novamente, com avaliação técnica. Estamos com o quadro todo preenchido. O resultado disso foi um empenho de toda a administração”, destacou o secretário.

O hospital atende, por dia, no pronto-socorro, em média de 250 crianças. “Muitas vezes os pais trazem seus filhos diretamente ao hospital e o problema poderia ser resolvido em um Posto de Saúde, o que geraria menos aborrecimentos porque, algumas vezes, há aglomerado no hospital”, comenta Neli ressaltando que a equipe está pronta para atender, da melhor maneira, a população. 

Relembre o caso – No dia 12 de abril, foram registrados dois incêndios no hospital Santa Catarina e dois dias após, mais um foi registrado, o que dificultou os trabalhos no local. O prefeito Clésio Salvaro teve que suspender, por alguns dias, o atendimento no hospital e, com isso, as crianças tiveram que ser transferidas para outras instituições. “O governo municipal agradece os hospitais de toda a região que receberam os pacientes nesse período”, finalizou Neli.


Fonte: Assesoría de Imprensa

 

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios