Notícias Regionais

Reunião emergencial é feita pela Defesa Civil de Balneário Camboriú

Balneário Camboriú – As fortes chuvas que caem em Santa Catarina desde a semana passada, colocaram a Defesa Civil de vários municípios em alerta. Em Balneário Camboriú, na manhã desta segunda-feira, 28, ocorreu uma reunião emergencial onde foram definidas ações estratégicas. 

Representantes das Secretarias de Obras, Planejamento, Segurança – Defesa Civil, Cuida e Corpo de Bombeiros, estiveram reunidos na prefeitura para definirem as ações a serem tomados em caso de deslizamentos e alagamentos. 

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros,  as condições dos rios do município não são preocupantes até o momento. Mas disse que existem alguns pontos de alagamentos na cidade. O oficial informou também, que durante toda a semana serão realizadas avaliações com o intuito de acompanhar a situação das áreas atingidas. O prefeito Edson Renato Dias, juntamente com seu secretariado vai acompanhar todos os trabalhos. Todos estão sob aviso.

O secretário de Planejamento, comentou durante a reunião que vai solicitar ao prefeito que seja realizada, assim que cessar as chuvas, a recuperação das encostas atingidas.

Segundo o diretor da Defesa Civil, em Balneário Camboriú, a Fundação Municipal de Esportes já disponibilizou o ginásio de esportes do Bairro da Barra, caso seja necessário usá-lo como abrigo. A Defesa Civil está preparada com lonas e colchões.      

O secretário de Segurança,  informou que a Prefeitura de Balneário Camboriú quer implantar no município o número de telefone gratuito da Defesa Civil, o 199. O pedido será solicitado junto a Brasil Telecom. Um endereço de e-mail eletrônico será disponibilizado a população dentro de algumas horas ([email protected])  

Remanejados

Em decorrência das fortes chuvas, pacientes de três alas do Hospital e Maternidade Santa Inês, precisaram ser remanejados para outros setores. Segundo a direção, o acumulo de chuvas nas calhas, que tem sistema antigo, transbordou. A água invadiu um dos leitos da ala masculina. Os pacientes foram redistribuídos para outros quartos na mesma ala. Ainda de acordo com a direção, toda a ala feminina foi remanejada para o posto 1 em razão do alagamento.  Ainda como medida de prevenção, pacientes que estavam internadas na maternidade, setor que fica próximo ao morro, foram remanejadas para o posto 1.  

Alerta   

A Defesa Civil Estadual, já havia divulgado, na sexta-feira, 25, em seu site (WWW.defesacivil.sc.gov.br), alerta em decorrência das fortes chuvas previstas pelo Setor de Previsão do Tempo e Clima da Epagri/Ciram em Florianópolis. No domingo o órgão reforçou o comunicado de chuva forte, temporais e rajadas de vento, com mais intensidade na parte da tarde. Para hoje, a previsão é que a frente fria ainda provoque chuva forte com temporais no início do dia, com chuva menos intensa e persistente durante a tarde. Fato que mantêm as condições de alagamentos e deslizamentos.

Segundo a Epagri, o fenômeno foi desencadeado em decorrência do sistema de baixa pressão que se intensifica no Rio Grande do Sul e forma uma frente fria que mantém o tempo fechado com temporais e chuvas. Ainda de acordo com a Epagri, nas últimas 36 horas, até 6h30, o acumulado de chuva estava entre 40mm e 120mm.

Fonte: Assessoría de Imprensa

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo