Notícias Gerais

Rede municipal de ensino de Piçarras inicia atividades com alunos

Piçarras – As escolas da rede municipal de ensino de Balneário Piçarras abriram as portas ontem (07) para o retorno as aulas de 2.238 mil alunos matriculados até o momento no ensino fundamental (do 1º ao 9º ano).  A Secretaria da Educação (SED) calcula que cerca de 180 professores devem atuar durante o ano letivo nas nove unidades escolares do município. Na escola Monteiro Lobato, reinaugurada dia 04, o aumento no número de vagas deve tornar a unidade uma das maiores do município.

De acordo com a SED, o processo de matrícula ainda não foi concluído, mas já são esperados mais alunos na rede municipal para este ano. Só na Monteiro Lobato, no bairro Nossa Senhora da Paz, mais 300 vagas foram abertas graças a ampliação do bloco principal. “Em função desse aumento e de licenças e despensas de alguns profissionais este ano, contratamos mais professores para suprir a demanda”, afirma a diretora de ensino Jussander de Borba.

Durante a noite, as turmas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) também retomaram as atividades.  As aulas acontecem no Centro Integrado de Ensino Fundamental, o Cief, onde estão matriculados até o momento 140 alunos com idades a partir de 15 anos. Para fazer a matrícula, os interessados precisam procuram a secretaria do Cief, das 19h às 22h.

Mais qualificação


Professores e funcionários retomaram as atividades dia 02, quando iniciou o planejamento anual e os estudos de metas do programa Circuito Campeão, implantando ano passado nas séries iniciais, em parceria com o Instituto Ayrton Senna.

Segundo informa Jussander, este ano a SED efetiva o programa nas escolas, com metas de rendimento para alunos e professores. “O objetivo principal é de que todos os alunos cheguem ao terceiro ano alfabetizados, lendo, escrevendo e interpretando, e tenham noções plenas de lógica matemática”, explica. Durante esse processo, o sistema de ensino passará por avaliações que vão apontar falhas e novos caminhos para que as metas de ensino e de aprendizagem sejam atingidas.

Os 52 professores que atuam nas séries finais, do 6º ao 9º ano, e na EJA também participam de programas de qualificação da SED. A formação aplicada pelo Instituto de Investigação e Desenvolvimento em Política Linguística é focada no trabalho em atividades que permitam o diagnóstico e o desenvolvimento de instrumentos que aprimorem o trabalho dos profissionais em sala de aula.

Os professores das séries finais serão estimulados a desenvolver estratégias de trabalho que serão discutidos e aprimorados durante encontros que vão acontecer a cada dois meses. Durante este período eles discutem e desenvolvem suas atividades a distância, através de um sistema dinâmico, via internet.
 
ai/24horas


Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios