Comportamento

Casal que não briga ou não discute vive mais

Casal que não briga ou discute pouco é mais propenso a ficar saudável e viver mais tempo do que aquele que regularmente briga. Tem menos estresse, come melhor e são pessoas menos propensas a fumar. Revela um estudo de 20 anos sobre a vida de casado.

por Anna Hodgekiss

A vida financeira, dinheiro, sogra, família e até o que canal assiste na TV … além de tantos outros motivos mais irrelevantes fazem muitos casais viveram num clima de briga infinitas entre marido e mulher.

Mas, enquanto uma briguinha pode dar novos ares na relação é provável que seja ruim para sua saúde, de acordo com pesquisadores.


Dois dos motivos mais mencionados na pesquisa foram finança, família e sogros, que pode ser sobre onde ir no Natal ou ter que aturar uma sogra intrometida.

Quando se trata dos votos “na saúde e na doença”, parece depender mais de quanto o casal briga mais, disseram os pesquisadores da Brigham Young University, em Utah.

Eles acompanharam cerca de 1.700 adultos casados ​​por mais de duas décadas, medindo tanto a sua saúde física e respostas aos brigas regulares, felicidade e qualidade de vida.

Eles descobriram que, quanto mais um casal discute, pior é a sua saúde geral, sugerindo que ser casado ou não pode ser a chave para uma vida longa.


Os homens e mulheres foram convidados a avaliar a sua saúde em uma escala que variou de ruim a excelente.

A ligação entre casamentos felizes e saúde poderia ter mais a ver com o que incentiva ambos os lados a cuidar um do outro, disseram pesquisadores no Journal of Marriage and Family.

Casais felizes (O que casal que não briga) são mais propensos a cozinhar e comer refeições saudáveis juntos, por exemplo, ao invés de irem comer fora ou ficar até mais tarde no trabalho, comer fast food.

Menos estresse significa que dormem melhor e se ficarem bem vão encorajar um ao outro para abandonar maus hábitos como fumar e manter as consultas médicas, por exemplo. Além do mais o prazer da paz e harmonia podem levar estes casais juntos, o que poderia incluir o esporte ou outras atividades ao ar livre. Com estresse podem até tentar fazerem tais coisas mas não dá resultado positivo.


Pesquisador-chefe Rick Miller sugeriu que, os resultados mostram um elo entre a felicidade e a saúde.

Ele disse: “Este estudo mostra também casamentos felizes têm um componente preventivo que os mantém em bom estado de saúde ao longo dos anos.

“A implicação é que o conflito conjugal é um fator de risco para problemas de saúde.

“Casais que brigam ou discutem com freqüência devem buscar ajuda profissional para reduzir o conflito, porque isto está afetando a sua saúde.”


Ele acrescentou: “Quando os cônjuges têm um mau dia, em um casamento feliz, eles estão mais propensos a apoiar um ao outro e ter empatia com o outro.

“Esse apoio reduz o estresse e ajuda a proteção contra um declínio na saúde.

No entanto, estudos anteriores ligaram os casamentos infelizes com a depressão, ansiedade, comer mal, fumar e não dormir adequadamente.

O estresse de estar em um relacionamento ruim podem também elevar a pressão arterial e enfraquecer o sistema imunológico.


DailyMail/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios