Notícias Regionais

Outubro Rosa em Criciúma alerta para os cuidados com a saúde da mulher

Criciúma – Outubro chegou e junto ao décimo mês do calendário a campanha destinada a promover os cuidados da saúde da mulher, o Outubro Rosa. A Secretaria de Saúde de Criciúma e entidades ligadas à causa do câncer utilizaram a Praça Nereu Ramos nesta quarta-feira (1°), para dar início às ações de orientação ao diagnóstico precoce e tratamento de doenças que acometem principalmente as mulheres.

Segundo o prefeito Márcio Búrigo, a iniciativa está sendo realizada com o intuito de chamar a atenção da população sobre a importância da prevenção do câncer de mama e de outras doenças específicas do público feminino. “Os profissionais trabalham para que as mulheres possam ter cada dia mais qualidade de vida. Temos que agradecer pelo trabalho realizado pelas instituições que ajudam o Poder Público no objetivo de salvar vidas. Sabemos que nem sempre é fácil, mas se irmos à busca do diagnóstico, fica mais fácil de tratar a doença e se curar a tempo”, declarou.

Dados do INCA apontam o câncer de mama como o segundo tipo mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios avançados.

Conforme o secretário de Saúde, Paulo Conti, com informação e orientação, a Secretaria e as entidades querem evitar o câncer e os óbitos. “Nosso principal objetivo é alertar não só as mulheres, mas as pessoas que vivem junto delas sobre o câncer, sobre a importância do diagnóstico precoce através do autoexame. Durante todo o mês intensificaremos essa mobilização que acontece nas unidades”, explicou o secretário.

Participam aliados à Administração Municipal na organização das atividades da campanha a Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC), Casa Maria Tereza, AMOVI, CAASC/OAB, Hospital São José, SEST/SENAT, Afasc e Unesc.

Dados do INCA

O INCA estima que em 2014 mais de 57 mil novos casos de câncer de mama e mais de 15 mil do colo do útero surjam no Brasil. Em 2011, o Brasil registrou 13.345 mortes causadas pelo câncer de mama, sendo 120 em homens e 13.225 em mulheres. O câncer do colo de útero tirou a vida de 5.160 mulheres.

Texto e foto: Milena dos Santos
ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo