Notícias Regionais

Obra do Pacto Por SC vai avenida Santos Dumont em Joinville

Joinville – O governador Raimundo Colombo e o secretário de Infraestrutura, Valdir Cobalchini, entregam, nesta sexta-feira, 8, a ordem de serviço para duplicação da avenida Santos Dumont, um dos principais gargalos do trânsito em Joinville. O ato será às 10h na Secretaria Regional de Joinville. Além da avenida, o governador autoriza ainda o lançamento do edital para construção dos elevados nos cruzamentos da Santos Dumont com as ruas Tuiuti e Arno Dohler. As obras fazem parte do Pacto por Santa Catarina e são financiadas pelo BNDES.

A duplicação da Santos Dumont será entre a Rua Dona Francisca e o aeroporto, um trecho de oito quilômetros. O investimento é de R$ 47,9 milhões e o prazo para a execução do trabalho é de 24 meses. O trajeto dá acesso a estabelecimentos comerciais, universidades e ao aeroporto. Em horários de pico, os motoristas enfrentam longos congestionamentos nesta região.

O projeto prevê duas pistas com três faixas em cada sentido, rotatória, calçadas e ciclovia. “Estamos trabalhando para fazer obras modernas visando a melhoria da mobilidade. Melhorar a logística é necessário em todos os locais. Essa obra em Joinville tem o objetivo de melhorar a vida das pessoas, porque vai facilitar o trânsito, trazendo mais segurança aos motoristas e pedestres”, disse Colombo.

Para o secretário de Infraestrutura, Valdir Cobalchini, o governo está devolvendo a Joinville um pouco do que o município faz pelo Estado. “Joinville é a maior cidade de Santa Catarina, responsável por boa parte da nossa riqueza”, argumentou o secretário, salientando que Joinville está recebendo um pacote de obras de mobilidade urbana. “Em poucos dias, teremos várias frentes de trabalho em Joinville, preparando cada vez mais esse grande município para o futuro”, finalizou.


Outros compromissos

O governador também vai visitar a Maternidade Darcy Vargas e o Núcleo de assistência Integral ao paciente especial (NAIPE). Na maternidade, o governo investiu R$ 1,5 millhão na revitalização do Centro Cirúrgico e de todo o sistema de geração de energia. O centro cirúrgico está todo reformulado. Foram substituídos o sistema de iluminação, o ar-condicionado central, o mobiliário, o IT Médico (que garante segurança no uso dos equipamentos), além da Central de Material Esterilizado (CME). Duas salas cirúrgicas e uma terceira para realização de analgesia de parto e curetagem foram abertas após a revitalização.

Para que os novos equipamentos pudessem entrar em funcionamento, foram adquiridos um gerador e uma nova subestação com o dobro da capacidade da anterior. Além disso, um sistema de nobreaks instalado em todo o hospital acabou com um problema antigo de oscilação de energia. Dessa forma, os serviços e os equipamentos da Maternidade Darcy Vargas continuam funcionando normalmente, mesmo que haja perda de energia na cidade. A visita do governador na maternidade será às 11h desta sexta-feira.

Já o Núcleo de Assistência Integral ao Paciente Especial (Naipe) é um serviço de saúde que existe desde 2002 e é referência em atendimento a pessoas com deficiência intelectual. Há uma equipe multidisciplinar, que executa um programa de estimulação para inclusão dessas pessoas na sociedade. O Naipe atende 3 mil pacientes e conta com 40 funcionários (entre médicos, dentistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicólogos e pedagogos). Em 2011, a instituição foi considerada pelo Ministério da Saúde um serviço de referência nacional para deficiência intelectual. Por isso, o Naipe compõe o comitê gestor nacional da política para pessoa com deficiência. Atualmente, é mantido pelo município de Joinville. O governador estará no Naipe às 12h.


Glaene Vargas
ai/UNOPress

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios