Notícias Regionais

Mutuários da Habitação têm oportunidade de regularizar dívidas

Joinville – Os mutuários da Secretaria de Habitação, em débito com o Fundo Municipal de Terras, Habitação Popular e Saneamento (FMTHPS), têm agora uma oportunidade especial de regularizar suas pendências, inclusive possuindo descontos em juros e multas, conforme cada caso. A Secretaria iniciou nesta semana, os trabalhos de renegociação através do Plano Re-Habita (Plano deRecuperação da Carteira dos Mutuários do FMTHPS).

Os mutuários com dívidas vencidas receberão em casa uma correspondência informando sobre a possibilidade de adesão ao plano. Após o recebimento desta correspondência, o mutuário deverá se apresentar à Secretaria no prazo máximo de 5 dias, podendo assim, aderir ao programa eobter os benefícios do refinanciamento. Nessa primeira fase, o comunicado está sendo recebido pelos mutuários dos bairros Vila Nova, Nova Brasília,
Pirabeiraba e Morro do Meio. "Dividimos o envio dos comunicados por bairros e loteamentos para podermos prestar um melhor atendimento à população. Assim, vamos evitar filas para adesão ao plano, e o mutuário poderá ter todas informações sobre sua renegociação", informa o gerente da Unidade de Fomento, Ubiraci José da Silva.

O senhor Roberlan Peres foi um dos primeiros a receber o comunicado em casa. Assim que recebeu a carta, informando sobre a possibilidade da regularização, ele procurou a secretaria para aderir ao plano Re-Habita. "Eu tinha cinco parcelas pendentes. Consegui regularizar minha situação sem o pagamento de juros. Agora estou em dia," informa Peres. Para José Domingos, o plano Re-Habita foi a grande oportunidade encontrada para renegociar a situação de seu imóvel. "Tive um desconto de aproximadamente 1 mil reais. Os juros eram exorbitantes.Com esse desconto consegui acertar minha situação e reparcelar as parcelas da minha casa," ressalta o mutuário José.

Fundo Municipal de Terras, Habitação Popular e Saneamento (FMTHPS)

O FMTHPS foi criado em 1993 com o objetivo de implementar programas habitacionais de interesse social, executados e coordenados pela Secretaria de Habitação para o atendimento à população de baixa renda de Joinville. Mais de 6.600 famílias já foram atendidas através do fundo.

Hoje, a carteira do FMTHPS possui 4.325 mutuários, com 53% de inadimplência. A arrecadação mensal corresponde a aproximadamente R$ 130 mil. A expectativa, é que a Secretaria consiga reduzir em 15% o número de inadimplentes. Em saldo devedor, o FMTHPS possui mais de R$ 12 milhões em parcelas atrasadas.

O diretor-executivo da Secretaria, Zeca Chaves, informa que a faixa média das prestações varia de R$ 25,00 a R$ 100,00 e, apesar de poderem ser consideradas baixas, contribuem para modestos passos na oferta de moradias no município. Segundo ele, o fundo possui um caráter solidário, ou seja, uma família que conseguiu adquirir um imóvel com valor subsidiado, somente através da manutenção do pagamento das parcelas, conseguirá garantir o mesmo direito a outras. "Vamos identificar quem deve e não pode pagar, quem pode e vai pagar, e quem pode e não quer pagar. Esses últimos, se necessário, vamos buscar amparo jurídico para rever esses imóveis ", ressalta Chaves.

Fonte: Assessoría de Imprensa

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo