Notícias Gerais

Moradores de Balneário Camboriú cautelosos com as compras de Natal

Balneário Camboriú – O Instituto de Pesquisa Avantis (IPA), que revela que a maioria do moradores de Balneário Camboriú irá poupar no Natal e pagar dívidas com o 13º salário.

Em 2014, o saco de presentes do Bom Velhinho não será tão farto em Balneário Camboriú. Quem revela esta informação é o recém criado Instituto de Pesquisa da Faculdade Avantis (IPA), que realizou levantamento sobre as intenções de gastos para o Natal deste ano.

A pesquisa ouviu 479 pessoas (259 mulheres e 220 homens), em todas as quatro regiões da cidade. O levantamento foi realizado pelos alunos do Curso de Administração da Avantis, com a coordenação do professor Thiago Santos.

Mais caros


Os resultados demonstraram que a população está mais pessimista com relação ao consumo. Os presentes de Natal deste ano não devem ultrapassar R$200 por presente para a grande maioria, sendo que apenas 18% disseram que gastarão mais. O reforço do freio no consumo em 2014 vem com o crescimento na escolha de presentes que custam até R$100 (62,2%). Vale destacar que a maioria dos entrevistados (74%) também afirmou que os presentes estão mais caros, e que por isso vão ter que gastar mais esse ano.

Comércio Popular aquecido

Já entre as opções de presentes que ocupam as primeiras colocações, estão as roupas (52,2%), seguido pelos brinquedos (13,4%) e eletrônicos (11,1%). A maioria dos ouvidos disse que irá fazer suas compras nos Shoppings Centers (69%). Porém, uma análise mais criteriosa dos dados revela o aquecimento do Comércio Popular. Somada às lojas de departamento, shoppings populares, camelôs e lojas de bairro, o resultado mostra que 29% das compras terão estes estabelecimentos como destino.

Poupar e pagar dívidas


Outro dado observado pela pesquisa é para a aplicação do 13º salário. Se antes a renda extra era sinônimo de presentes e diversão, agora têm outra finalidade: 198 entrevistados irão poupar, pagar dívidas ou deixar o dinheiro extra para as despesas de início do ano.

E quem usar o valor para comprar presentes, vai procurar não iniciar 2015 com novas pendências. 69% das pessoas afirmaram que vão comprar os presentes  com dinheiro.

Outras pesquisas

O coordenador do IPA, professor Thiago Santos, explica que a Pesquisa de Intenção de Compras para o Natal foi o primeiro trabalho desenvolvido pelo Instituto, que oficialmente inicia suas atividades em janeiro. “Esta pesquisa serviu de ‘start’ para o Instituto, mas no próximo ano vão vir estudos muito interessantes. Temos planejado cerca de 15 levantamentos e temos a proposta de preencher a lacuna de informações que tinha Balneário Camboriú e até mesmo Camboriú”, finaliza.  


ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios