Notícias Gerais

Militares retiram manifestantes pró-Zelaya de prédio público em Honduras

Tegucigalpa (Honduras) – Militares retiraram no início da manhã de hoje (30) os 120 manifestantes favoráveis ao presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, que ocupavam o prédio do Instituto Nacional Agrário do país.

A ação militar começou por voltas das 6h, e, depois de uma longa negociação, os apoiadores de Zelaya deixaram o prédio sem que houvesse confronto.

Os militares se basearam no decreto do presidente golpista Roberto Micheletti que instituiu estado de sítio no país durante 45 dias para realizar a operação. A norma é questionada até mesmo por aliados de Micheletti.

Está prevista para hoje uma caminhada da sede da Rádio Globo, que foi fechada na manhã da última segunda-feira (28), até a Casa Presidencial. No entanto, o governo golpista não autorizou a manifestação e já inicou o cerco militar nas proximidades do prédio da emissora
 
Roberto Maltchik /ABr


Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios