Notícias Regionais

Medidas são adotadas para garantir qualidade às obras públicas

Joinville – Ações que a Prefeitura de Joinville está tomando para garantir qualidade às obras públicas foram discutidas nesta segunda-feira (17) durante a reunião do prefeito Carlito Merss com o Conselho de Desenvolvimento de Joinville (Desenville), na Sala do Colegiado. "Estamos trabalhando no aprimoramento das especificações dos projetos, dos termos de referência e do caderno de encargos para garantir qualidade às obras", explicou o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville (Ippuj), Luiz Alberto de Souza.

A fiscalização de obras públicas foi um dos temas da reunião, que levou quase duas horas.O gerente da Unidade de Obras da Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra), Thalles Vieira, acrescentou que, ao conversar com a secretaria na qual a obra futura pertencerá, a Seinfra está conseguindo antecipar problemas antes mesmo da licitação. Hoje, uma equipe de seis engenheiros fiscaliza 40 obras em andamento, entre construções e recuperações de pontes, Centros de Educação Infantil (CEIs), escolas e obras de drenagem.

A conselheira Heleny Meister sugeriu convênios com instituições que possam atuar, de forma voluntária, como uma auditora externa das obras. O conselheiro José Antônio Vieira pediu que a Prefeitura preste atenção não só nas especificações dos projetos, mas se o preço apresentado pela
empresa é possível de ser executado. "É preciso ter a coragem de desqualificar empresas que apresentem valores inexequíveis", destacou. E o conselheiro Moacir Thomazi falou da importância do poder público cobrar responsabilidade do executor da obra.

A estrutura da saúde no município também foi um dos assuntos discutidos no encontro. Nesta área, uma das questões levantadas foi a construção da Casamata, local que vai abrigar o Acelerador Linear, equipamento de radioterapia para tratamento de pessoas com câncer. O equipamento, que custa 937 mil dólares, chegou a Joinville no sábado (15). A licitação para construção da Casamata foi reaberta na quarta-feira (12). Durante a reunião, foi pedido aos conselheiros que incentivem empresas com
experiência na área a participarem da licitação.


No último assunto da reunião, o reitor da Universidade da Região de Joinville (Univille), Paulo Ivo Koehntopp, falou da possibilidade de realização de um convênio com a Universidade de Roma para estudar a movimentação do solo em Joinville. Segundo Koehntopp, a Universidade de Roma desenvolveu uma ferramenta que consegue verificar como o solo está se movimentando utilizando dados de perfurações já existentes na cidade, como poços e fundações de construções. O poder público e a iniciativa privada devem integrar o trabalho para fornecer as informações sobre as
perfurações, disse o reitor. O prefeito Carlito Merss disse que a administração pública será parceira. "Para a ocupação do município de forma mais organizada, um trabalho como esse é fundamental", disse.

Os participantes da reunião do Desenville:

Membros natos

Carlito Merss – Prefeito de Joinville
Ingo Butzke – Vice-prefeito de Joinville
Maria Salete Pacheco – Presidente da Ajorpeme
Rudi Soares – Presidente da Acomac
Carlos Rodolfo Schneider – Presidente da Acij
Eni Voltolini – Secretário da Side


Nomeados por decreto

Heleny Meister – Meister AS
Ingo Doubrawa – Docol
Ninfo König – Átrio Hotéis
Osvaldo Moreira Douat – Douat
Moacir Thomazi – Bombeiros Voluntários
José Antônio Vieira – Viplan
Paulo Ivo Koehntopp – Univille

Convidados

Tarcísio Crócomo – Secretário da Saúde
Márcia Regina Brand Gomes – Controladora geral do município
Luiz Alberto de Souza – Presidente do Ippuj
Thalles Vieira – Gerente da Unidade de Obras da Seinfra


Fonte: Assessoría de Imprensa

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios