Notícias Gerais

10 mil profissionais irão garantir segurança no verão em SC

Florianópolis – O Governo de Santa Catarina lançou nesta terça-feira a Operação Veraneio 2012/2013. Este ano, foram mobilizados 10,5 mil profissionais na área de segurança, o que representa a maior operação policial já executada pelo Estado.

Haverá reforço policial em 26 cidades balneárias e 17 estâncias hidrominerais, que vão do Litoral ao Extremo-Oeste do Estado. O Corpo de Bombeiros Militar estará com reforço de guarda-vidas civis e militares em 142 praias e balneários nas diferentes regiões de Santa Catarina. Ao todo serão mais de 445 quilômetros de extensão de áreas protegidas para banho e lazer.

A operação começou nesta terça-feira e segue até o dia 28 de fevereiro. No entanto, o Corpo de Bombeiros Militar já mantém equipes de reforço em todo o Litoral catarinense desde outubro.

Durante a cerimônia de lançamento oficial houve a entrega de 10 aparelhos de etilômetro (bafômetro), além de equipamentos para medir a transparência das películas em veículos.

“Este ano, a Operação Veraneio irá incrementar ações organizadas na edição anterior como as parcerias da Marinha do Brasil, através da Capital dos Portos de Santa Catarina, e a Polícia Federal através da sua superintendência estadual em Santa Catarina. Atuando em conjunto, respeitando suas áreas de competência, essas equipes fiscalizam e orientam a segurança da navegação e repreendem atos ilegais e irregularidades praticadas pelo mar”, explicou Grubba.

Operação Veraneio
1,5 mil viaturas
1 avião
4 helicópteros
88 embarcações, 25 jet skys,
270 terminais embarcados,
250 motocicletas
21 quadriciclos,
6 ônibus adaptados
Coletes, rádios, armamento e munição (54)

Dicas de prevenção

– Água no umbigo é sinal de perigo (evite banhar-se em áreas profundas e com correnteza);
– Procure praias, balneários, represas e parques aquáticos protegidos por serviço de guarda-vidas;
– Dê atenção especial às crianças (vigilância constante);
– Identifique as crianças pequenas com pulseiras de identificação (elas são distribuídas gratuitamente nos postos de guarda vidas);
– Não entre na água após alimentar-se ou ingerir bebidas alcoólicas;
– Use sempre protetor solar;
– Evite a exposição ao sol no horário das 11h às 16h;
– Quando em embarcações, use sempre coletes salva vidas;
– Lugar de crianças é sempre no raso e próxima de adultos;
– Respeite as bandeiras de sinalização localizadas nos postos de salvamento:
– Bandeira vermelha significa mar perigoso = não entre na água;
– Bandeira amarela significa mar ruim = muito cuidado ao entrar na água;
– Bandeira verde significa mar bom = divirta-se com responsabilidade.
– Bandeiras vermelhas dispostas na faixa de areia das praias indicam locais perigosos onde você não deve entrar na água (normalmente locais com correntes de retorno).
– Caso sinta-se em perigo dentro da água, mantenha a calma. Tente boiar, chamar a atenção de pessoas próximas e grite por socorro

O papel de cada instituição na Operação

Polícia Militar
A Polícia Militar vai atuar em 26 balneários, 17 estâncias hidrominerais e montará um QG no portal de entrada de Santa Catarina, em Dionísio Cerqueira. A corporação irá utilizar um efetivo total de 5.798 policiais em todo o Litoral, 1,1 mil viaturas, 250 motocicletas, dois helicópteros e duas aeronaves de asa fixa mais 50 embarcações.

A PM pretende trabalhar a prevenção, montando barreiras nos acessos aos principais balneários e controlando as ocorrências de perturbação de sossego e da ordem pública. Também irá intensificar as abordagens a suspeitos e, com os novos equipamentos disponíveis, garantir maior mobilidade do policial.

Polícia Civil
A Polícia Civil estará presente em 36 cidades – 29 do Litoral e sete do interior – locais com áreas de águas termais e parques aquáticos. Segundo o Delegado Geral da Polícia Civil, Aldo Pinheiro D' Ávila, serão mobilizados aproximadamente 1 mil policiais, entre delegados, agentes e escrivães para a operação. Cerca de 400 viaturas estarão disponíveis. Há 105 policiais civis capacitados no idioma espanhol e 15 no idioma inglês, que serão deslocados para as unidades policiais para atender os estrangeiros.

A Delegacia do Aeroporto Internacional Hercílio Luz, que conta com um efetivo de seis policiais civis, receberá policiais fluentes nos idiomas francês, alemão, inglês e espanhol. A Polícia Civil também reforçou a estrutura da Delegacia do Turista, no Terminal Rodoviário Rita Maria. Além da equipe que trabalha na DP, serão convocados mais três policiais por período (manhã, tarde e noite), sendo que pelo menos um deles deve ter fluência em outro idioma, que ficará responsável pelo atendimento aos  turistas  que procurarem os serviços da delegacia.

O reforço policial também estará nas investigações e no policiamento velado – em locais turísticos, em grandes eventos e em dias de feriado, como Natal, Réveillon e Carnaval. Na Grande Florianópolis, também receberão uma atenção especial a 7ª, a 8ª e 10ª DPs da Capital, além da Central de Plantão Policial do Norte da Ilha, e das Delegacias da Pinheira e de Governador Celso Ramos – cujas atuações abrangem locais que recebem um grande número de turistas.

Corpo de Bombeiros Militar
A Operação Veraneio é atualmente a maior operação anual da corporação. Na edição 2012/2013, a mobilização alcançará durante a temporada 32 cidades, totalizando a cobertura de guarda vidas civis e militares em 142 praias e balneários nas diferentes regiões de Santa Catarina.

Ao todo serão mais de 445 quilômetros de extensão de áreas protegidas para banho, sendo 279 locais de salvamento (156 postos autônomos e 123 pontos atrelados), 39 viaturas de rondas, 18 embarcações do tipo bote inflável com motor de popa, 25 motonáuticas (jet-sky), 11 quadriciclos e 01 helicóptero; além de 150 viaturas operacionais de prontidão nos quartéis espalhados pelos municípios da faixa litorânea.

Serão instaladas 271 locais de salvamento (165 postos autônomos e 11 cadeirões), 34 viaturas de rondas, 14 embarcações do tipo bote inflável com motos, 24 motonáuticas (jet sky), 11 quadriciclos e um helicóptero, a aeronave Arcanjo.

Para esta temporada foram contratados 1,2 mil guarda vidas civis, que atuarão sob a coordenação de 300 guarda vidas militares diretamente em praias e balneários catarinenses. Além dos 1,5 mil guarda vidas, o Corpo de Bombeiros Militar também empregará cerca de 400 bombeiros militares que trabalham nas cidades litorâneas do Estado para atuarem em reforço durante a operação, totalizando aproximadamente 1,9 mil homens e mulheres entre guarda vidas civis e militares e bombeiros militares atuantes na temporada.

Para aumentar a qualidade do serviço prestado à população e turistas no Estado, o CBMSC investiu cerca de R$ 2,5 milhões na aquisição de embarcações, equipamentos, uniformes completos para guarda vidas civis e militares e materiais de salvamento aquático. Os recursos foram provenientes da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) e Secretaria de Estado da Fazenda.

O Corpo de Bombeiros Militar completou 50 anos de atividades na Operação Veraneio em 2012. O secretário Grubba acredita que o planejamento das forças de Segurança Pública  garantirá o êxito da operação. “A Operação Veraneio é o maior e o mais importante trabalho de integração policial feito pela SSP”. Ele destaca as parcerias a SOL que, segundo Grubba, representam um marco histórico para Santa Catarina. “Pela primeira fez o Estado, através das áreas de Turismo e Segurança Pública, investe num programa que permitirá trabalhar a prevenção e melhorar os índices de resolução de crimes”.

Polícia Federal
A Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal em Santa Catarina vai agilizar os processos de migração dos turistas no Aeroporto Hercílio Luz, fronteira de Dionísio Cerqueira e nos navios de cruzeiros (utilizando sistema online), mediante reforço de Policiais.

Além disso, a PF vai dar apoio à Marinha, Polícia Ambiental através da Delegacia Especial de Polícia Marítima – DEPOM, na fiscalização de embarcações e motonáuticas. E por fim, aumento na repressão do tráfico de drogas, principalmente sintéticas, mediante operações de inteligência em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e Polícia Militar, nos moldes das operações de combate ao tráfico internacional de Drogas (Curió e Garnaal)), deflagradas recentemente.

ai/unopress

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo