Notícias Regionais

Joinville terá espetáculo com a Companhia Ballet de Londrina

Joinville – Um dos principais nomes da dança contemporânea fora do eixo Rio/São Paulo, o Ballet de Londrina apresenta em Joinville, na próxima semana, o espetáculo “Para acordar os homens e adormecer as crianças”. A montagem começou a circular em 2009 e fez turnês no Peru, pela região Nordeste e nos estados de Minas Gerais e São Paulo. As apresentações serão na terça-feira, 21 (para a comunidade), e quarta, 22 (para convidados), às 20 horas, na Sala Agripina Vaganova, na Escola do Teatro Bolshoi do Brasil. Os ingressos no valor de R$ 10,00 e R$ 5,00 podem ser adquiridos na Loja Yacamin, no Shopping Cidade das Flores. Apresentações serão nos dias 21 e 22, na Sala Agripina Vaganova.

Fruto de interferências coletivas, o projeto “Para acordar os homens e adormecer as crianças” sofreu mutações e percorreu rumos incertos até se tornar um espetáculo acabado. A produção da Companhia Ballet de Londrina tomou como ponto de partida a retratação do ócio in carpe diem. Porém, o incontrolável processo criativo demonstrou ser fatal para a continuidade dos primeiros esboços. A partir desta constatação, tudo mudou.

Dirigido por Leonardo Ramos, o espetáculo desemboca fluido na atualidade como uma tentativa de compreender mais sobre a essência humana e o que a esculpe. “Para acordar os homens…” se fez, antes de tudo, um rito de passagem, no qual o indivíduo adormece a criança e, lamentavelmente, acorda o adulto que floresce com o “amadurecimento”. É como uma projeção íntima daquilo que pensamos ser hoje no que desejamos para o futuro.

Espetáculos montados anteriormente, “Nunca” (2001), “Eternamente” (2002) e “Fome” (2003), são retomados como matéria-prima. No entanto, reaparecem cheios de esperança e num formato mais denso que as apresentações originais. A confluência destes elementos permitiu a superação do grande desafio para o Ballet de Londrina: produzir uma obra na sequência de “Decalque”, aclamado como o melhor da companhia.


Na contramão do conformismo, não houve a tentativa de reaproveitar a fórmula de sucesso da linguagem anterior. “Para acordar os homens…” tem brilho próprio. Dentre as características de inovação, surgem a trilha sonora, selecionada a partir de faixas disponibilizadas gratuitamente na Internet, e o bailarino Vitor Rodrigues, talento descoberto entre alunos carentes nas audições realizadas pelo ballet em escolas públicas de Londrina.

FICHA TÉCNICA:

Nome do espetáculo: “Para acordar os homens e adormecer as crianças”
Criação e direção: Leonardo Ramos
Duração: 58 minutos
Música: The Samuel Jackson Five; Theta Naught; Mt; International Karate; All Angels Gone; Sweek; Tunturia; Strangers Die Every Day; upcdowncleftcrightcabc+start; Mimas; Glissando; Bosques de mi Mente
Fotos: Isabela Figueiredo
Cenário: Leonardo Ramos
Figurino: Ana Carolina Ribeiro
Confecção de Figurino: Aparecida Fernandes
Elenco: Alessandra Menegazzo, Bruna Martins, Carina Corte, Cláudio de Souza, Gláucia Leite, José Maria, Nayara Stanganelli, Marciano Boletti, Viviane Terrenta
Estagiários:Guilherme Floriano e José Ivo
Participação especial: Vitor Rodrigues
Técnicos de Palco: Gustavo Batilano, Roberto Rosa e Romildo Ramos
Produção: Danieli Pereira

Serviço:
O quê: Espetáculo “Para acordar os homens e adormecer as crianças”, da Companhia Ballet de Londrina – classificação livre
Onde: Sala Agripina Vaganova – Escola do Teatro Bolshoi do Brasil
Quando: dias 21 e 22 de setembro, às 20h
Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (meia entrada). Os ingressos podem ser adquiridos na Loja Yacamin, no Shopping Cidade das Flores


Realização: Fundação Cultura Artística de Londrina
Patrocínio: Prefeitura do Município de Londrina/Secretaria Municipal da Cultura
Ministério da Cultura / Pincéis Tigre S/A / Instituto Carlos Roberto Hansen

Sobre a Companhia Ballet de Londrina

Reconhecida pela crítica especializada como uma das melhores companhias de dança contemporânea fora do eixo Rio/São Paulo, a Cia. Ballet de Londrina é um grupo profissional atuante há 17 anos no cenário cultural. No currículo constam 22 espetáculos, 11 turnês nacionais e 10 viagens internacionais. Já são mais de 500 apresentações para 150 mil pessoas aproximadamente.
De trajetória ininterrupta, a companhia se destaca pela contemporaneidade de sua temática, coesão, qualidade técnica e artística do elenco. Outra característica do grupo formado por 12 bailarinos é o aprimoramento da pesquisa de movimento na busca de uma linguagem coreográfica própria.
O Ballet de Londrina, sob a direção de Leonardo Ramos, é mantido pela Fundação Cultura Artística de Londrina (Funcart), uma organização não governamental cujo principal objetivo é democratizar o acesso à formação e produção cultural de qualidade, por meio de uma ampla rede de projetos.

Informações:


Danieli Pereira, produtora – (43) 9938-4779.
Leonardo Ramos, diretor e coreógrafo – (43) 9929-3888.

AI/Redação 24 horas

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios