Notícias Gerais

Itaqui – RS é o segundo município gaúcho a decretar situação de emergência

Brasília – O prefeito de Itaqui (RS), Gil Marques Filho, decretou situação de emergência por causa dos casos de influenza A (H1N1) – gripe suína. A cidade registra duas pessoas com suspeita da doença. Este é o segundo município gaúcho a tomar essa medida – na semana passada, a prefeitura de São Gabriel também decretou situação de emergência.

O decreto informa que a medida foi tomada por causa da proximidade do município com fronteira argentina, além da chegada do inverno e do fluxo de pessoas (aproximadamente 200 por dia) no porto local.

De acordo com um comunicado, todas as aulas em Itaqui foram suspensas pelo período de dez dias, contados a partir do último sábado (27) – data da publicação do decreto.

A nota acrescenta ainda que a equipe da Vigilância Sanitária intensificou o trabalho de monitoramento e orientação às pessoas que ingressam no município através da Aduana da Receita Federal, no Cais do Porto, provenientes da Argentina e demais países vizinhos.

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul informou que chega a 76 o número de casos de gripe suína no estado. Já o balanço feito pelo Ministério da Saúde confirma apenas 40 casos no Rio Grande do Sul.

Há ainda 97 casos suspeitos. No município de Santa Maria, uma menina está hospitalizada em estado considerado grave, segundo nota da secretaria. Os demais pacientes estão sendo monitorados em casa. Um gaúcho de 29 anos, que faleceu na manhã de ontem (28) de insuficiência respiratória, é o primeiro brasileiro a morrer em consequência do vírus Influenza H1N1.

Paula Laboissière/ABr

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo