Notícias Gerais

Influência do El Niño

As águas do oceano Pacífico Equatorial já estão em fase de aquecimento, o que indica um novo episódio de El Niño. O fenômeno deve influenciar o comportamento do clima no decorrer deste semestre e no início de 2010.

Para os nossos vizinhos argentinos, paraguaios e uruguaios, a presença do El Niño está associada com chuva acima da média, projetando um cenário climático mais favorável para a próxima safra. “Em tese, o fenômeno aumenta as chances de boas chuvas na primavera, assim como reduz o risco de estiagem ao longo do verão, que foi o grande problema nas últimas safras”, afirma Paulo Etchichury, especialista em clima da Somar Meteorologia.

Em especial para a Argentina, que foi o País mais afetado por problemas climáticos, a expectativa é de uma recuperação gradual no decorrer deste semestre. Inclusive, diferente dos anos anteriores, o inverno deste ano não deve ser tão rigoroso e não há previsão de frio tardio (geada). “Além disso, a primavera deve ser um pouco mais quente, o que deve refletir em condições mais favoráveis para as fases finais das lavouras de inverno, para a recuperação das pastagens e para a implantação das lavouras de verão (milho e soja)”, acrescenta o climatologista.

Já para o Uruguai, que já passa por um processo gradual de recuperação das reservas hídricas, fica o alerta em relação à lavoura de arroz. “Se por um lado poderá se beneficiar com a maior oferta de água, por outro, pode enfrentar alguns problemas operacionais e de manejo”, conclui Etchichury. 


ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios