Notícias Regionais

I Conferência Municipal de Arroio do Silva sobre cultura

Arroio do Silva – Foi realizada a 1ª Conferência Municipal e 3ª Conferência Nacional da Cultura. P evento foi organizado pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes do balneário, com apoio da coordenadoria de Turismo e Cultura da Amesc e Fundação Catarinense de Cultura. Vários segmentos organizados como ONGs, associação coral, artesãos e tradicionalistas compareceram. Seu Laci Borck e Alinor Pires, fundadores da Semana Farroupilha estavam com vestes gauchas.As soberanas da 22ª Festa do Peixe também aproveitaram o evento para convidar para a grande festa que acontece de 18 a 21 de julho, com destaque para a cultura regional.

O cerimonial de abertura contou com a presença do prefeito Evandro Scaini, vice-prefeito Fernando Borges, vice-presidente do Legislativo, vereador Hamilton Jacques, secretária de Educação, Cultura e Esportes, Silvia Machado Ghellere, coordenadora de Turismo e Cultura da AMESC, Cristiane Tonetto Biléssimo, secretários municipais, diretores, assessores e lideranças do setor cultural.  Durante a sua fala, o prefeito desafiou aos participantes a incluírem nas propostas da conferência a criação do Hino Municipal. A Secretária de Educação, Cultura e Esportes, ressaltou o bom momento em que vive o município, com várias manifestações culturais. Os alunos dos Centros de Educação Infantil Carmem Matos Borges, Terezinha Uliana Victor e Escola Municipal Jardim Atlântico apresentaram coreografias das festa julina e de Nossa Senhora dos Navegantes.Após a palestra da analista Eliza Docena da FCC, os grupos se dividiram para debater os 4 eixos temáticos da conferência, que encerrou por volta de 12h35min.

De acordo com a coordenadora de Turismo e Cultura da Amesc, Cristiane Biléssimo, a conferência de Balneário Arroio do Silva foi uma das mais representativas e que apresentou boas sugestões para as etapas da Conferência de Cultura estadual e federal. A etapa estadual está marcada para os dias 02 e 03 de setembro em Florianópolis.

Jorge Pimentel
ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo