Notícias Gerais

Hidrelétrica ITAIPU incentiva o “Turismo de estudo”

Maior hidrelétrica do mundo em geração de energia irá abrigar, em Foz do Iguaçu, um curso de dois dias sobre a operação da usina.A usina de Itaipu recebe anualmente mais de 400 mil visitantes. Atenta ao grande interesse que a maior hidrelétrica do mundo em geração de energia desperta entre os turistas em passagem por Foz do Iguaçu, a empresa está dando início nesta semana à realização de cursos, ministrados por técnicos, sobre a sua própria operação. A primeira turma será aberta nesta quinta-feira (2). As vagas são limitadas.

O lançamento do chamado “turismo de estudos” na Itaipu tem como proposta atender aqueles visitantes que não encontram respostas para todas as suas dúvidas durante uma visita convencional. Com preço diferenciado – R$ 580 por pessoa, o primeiro curso sobre a operação da usina terá duração de dois dias (16 horas) e dirige-se a profissionais de engenharia, funcionários do setor elétrico, estudantes e curiosos.

Para oferecer as informações que fogem ao domínio de um guia turístico comum, o curso tem como instrutor o engenheiro Marcos Lefévre, que trabalhou na Itaipu durante 23 anos. Entre 1992 e 2007, Lefévre ocupou a superintendência de Operação, período em que gerenciou a implantação da área de operação de sistemas, que abrange a hidrologia, estudos elétricos e programação energética.

O conteúdo do curso aborda desde conceitos básicos sobre o funcionamento de uma usina hidrelétrica até conhecimentos sobre operação do sistema, previsão de afluências, programação de suprimentos, estudos elétricos e despacho de carga.

Além dos módulos teóricos, o curso inclui uma visita técnico-científica ao coração da usina. O módulo prático prevê passagens por locais vetados aos turistas, como a Cota 40, em que o visitante contempla o leito do Rio Paraná, e a sala de Despacho de Carga.

Já na cota 225, os participantes poderão observar e receberão informações sobre o reservatório da Itaipu e sua capacidade e manutenção. Fazem parte ainda do roteiro da visita técnica a cota 144 (Barragem) e as salas de Controle Central e de Desenvolvimento e Treinamento do Scada, além da Cota 92, onde é possível visualizar o eixo de uma unidade geradora.

As turmas dos cursos promovidos pela hidrelétrica são limitadas a 25 pessoas. Até o final do ano, Itaipu Binacional projeta lançar outros cursos do gênero, como o de segurança de barragens, área em que é referência mundial.

Inscrição

Para participar do primeiro curso sobre a operação da usina de Itaipu, os interessados deverão entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelo 0800 645 4645. O investimento é de R$ 580.

ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo