Notícias Gerais

FUCAS vai abrir 90 vagas para “Jovem Empreendedor” e “Jovem Aprendiz” em Barra Velha

Barra Velha – A Fundação Catarinense de Assistência Social (FUCAS) vai abrir 90 vagas em Barra Velha para o projeto “Jovem Empreendedor/Jovem Aprendiz”, iniciativa de capacitação que é referência no Morro da Caixa, em Florianópolis. A informação é do prefeito Samir Mattar (PMDB), que no último dia 8 de março definiu com diretores da FUCAS os critérios para a implantação do programa, na verdade, um convênio entre a Prefeitura e a instituição.

O prefeito comenta que uma avaliação do Ministério Público, feita a pedido da FUCAS, indicou o número de vagas do projeto para cidades do porte de Barra Velha. O ideal seriam 90 oportunidades, inicialmente para jovens de 14 a 18 anos. A intenção é começar o projeto em junho deste ano, em espaço disponibilizado na Associação Cozinha Comunitária Iolanda Brugnago, no Morro do Colchão, área carente de Barra Velha.

A intenção do prefeito é, com o projeto “Jovem Empreendedor/Jovem Aprendiz”, oferecer um espaço de qualificação para os adolescentes, preparando-os ao mercado de trabalho. Samir defende inclusive uma parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) local, a fim que o movimento lojista absorva os jovens que tiverem o melhor desempenho após participarem do projeto.

Na mesma reunião, com a participação do coordenador dos programas de capacitação da FUCAS, Diogo Luís D’Alencastro Silva, e do assessor Carlos Henrique Clímaco, Samir acertou detalhes de outro projeto, o “Campeões nas Quadras e na Vida”, juntamente com a presença de secretários como Antonina Damásio Ramos (Educação) e diretores como Isabel Borba (Habitação). Os diretores da fundação apontaram quais os demais cursos que já estão disponíveis para serem implantados em Barra Velha. “Na verdade, o programa de capacitação de adolescentes foi uma solicitação do Ministério do Trabalho feita diretamente à FUCAS”, explica o prefeito.


O prefeito lembra que este não é o único projeto que a FUCAS reserva para a cidade. A fundação, na verdade, está assumindo importante parceria com a instituição barra-velhense de combate à fome, estabelecendo um comodato de 30 anos para qualificar os trabalhos oferecidos pela ACCIB, fundada pela líder comunitária Ivete Brugnago Moraes. A entidade também mantém programas como o “Primeira Chance”, “Nova Chance” e “Qualificação para o Terceiro Setor”. Na semana que vem, os diretores da instituição serão sabatinados pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA) e Conselho Municipal de Assistência Social.

Segundo Ivete, a FUCAS quer instalar no Morro do Colchão boa parte de seus programas assistenciais que são referência no Estado de Santa Catarina. Segundo Clímaco, a idéia é construir um amplo ginásio de esportes no local, reformar os dois galpões onde atualmente acontece a distribuição de gêneros alimentícios e cursos profissionalizantes, construir dois refeitórios, manter e qualificar o programa de combate à fome e até mesmo assalariar as cozinheiras da entidade, que hoje, lideradas por Ivete Brugnago Moraes, atuam de maneira voluntária.

Já o “Programa Campeões nas Quadras e na Vida” é voltado à implantação e ao desenvolvimento de projetos que ofereçam atividades culturais, esportivas, de lazer, recreação, educação complementar e de inclusão digital, em horário complementar ao da escola. Na Capital catarinense, o programa é oferecido aos adolescentes moradores da comunidade Morro da Caixa, com idade entre 12 e 18 anos, assim como aos seus familiares. Em Barra Velha, o programa seguiria os mesmos moldes, e se constituirá numa solução preventiva que visa oferecer uma contribuição essencial para o sucesso escolar, fortalecimento dos vínculos afetivos do adolescente com sua família e comunidade, ajudando no combate à desnutrição através da complementação alimentar.

ai/UNO


Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios