Notícias Regionais

Força-tarefa da PRF poderá atuar na liberação das rodovias catarinenses

Florianópolis – O superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Santa Catarina, inspetor Silvinei Vasques, comunicou ao governador Raimundo Colombo, nesta segunda-feira, 23, as providências que a PRF pretende adotar em relação aos bloqueios promovidos por caminhoneiros e agricultores nas rodovias do Oeste do Estado. Ele informou que uma força-tarefa de policiais rodoviários deverá atuar na liberação das estradas. De acordo com Vasques, todas as ações foram aprovadas pela diretora-geral da PRF, inspetora Maria Alice Nascimento Souza.

Durante o encontro, realizado no Centro Administrativo, o governador conversou, por telefone, com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o secretário-geral da Presidência da República, Miguel Rossetto, para saber das providências que o governo federal pretende adotar em relação aos protestos. Rossetto informou que a União deverá aplicar medidas judiciais para restabelecer o direito de ir e vir das pessoas.

Também participaram da reunião a cúpula da Secretaria de Segurança Pública, e os secretários Nelson Serpa, da Casa Civil, Moacir Sopelsa, da Agricultura, tenente-coronel Nildo Otávio Teixeira, da Casa Militar, Walter Bier, da Comunicação, e o procurador-geral do Estado, João dos Passos Martins Neto.

De acordo com Sopelsa, os bloqueios estão causando prejuízos para as agroindústrias e para os produtores de leite de Campos Novos a São Miguel do Oeste, prejudicando o deslocamento de cargas em toda a região. A ração e outros insumos não chegam aos produtores de frangos e suínos e as indústrias vão suspender a coleta do leite nas propriedades rurais a partir desta terça-feira, 24.

Ana Ceron
ai/UNOPress

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo