Notícias Gerais

Festival Mix de Cinema e Vídeo na Semana da Diversidade

Joinville – A 1ª Semana da Diversidade Joinville está sendo considerada um sucesso. O público tem acompanhado a programação cultural, e na terça-feira à noite, mais uma vez o Teatro Juarez Machado ficou cheio para o debate sobre Homossexualidade e Comportamento realizado pelo jornalista Roldão Arruda, o ex-sargento Fernando Alcântara e a vereadora transexual, Leo Kret. O Prefeito Carlito Merss acompanhou os debates da platéia, juntamente com a chefe de gabinete, professora Marta Heinzelmann e o presidente da FCJ, Silvestre Ferreira.

Numa apresentação com sólida fundamentação, o jornalista Roldão Arruda explicou aos presentes como realizou as pesquisas e investigações para elaborar a obra Dias de Ira que em breve deve virar filme. Arruda fez críticas à sociedade e aos próprios jornalistas e enfatizou: nossa sociedade consente com alguns crimes e nós autorizamos de alguma forma a barbárie. E explicou: quando morre um jovem na favela ou na porta de uma boate as famílias vão aos jornais e às tvs mostrar o rosto e questionar o trabalho da justiça. Quando morre um homossexual a família ainda morre de vergonha e esconde o rosto e a identidade ao falar com a imprensa.

O ex-sargento Fernando Alcântara destacou a realização da Semana e enfatizou que ações como esta tornam a convivência melhor. Segundo ele, é difícil explicar que no exército ser homossexual significa não ter crédito, situação que, infelizmente, também se perpetua em muitas esferas da sociedade.

A vereadora de Salvador, Leo Kret do Brasil – que nesta quarta-feira tem agenda na Prefeitura de Joinville e na Câmara de Vereadores  relatou sua história de vida e destacou que o poder público não pode fugir de suas responsabilidades no sentido de defender a assistência a todos os cidadãos brasileiros, o que inclui a comunidade GLBTTi. Tem gente que esquece que nós precisamos de médico, de dentista, de escola. Que temos família e merecemos atendimento de qualidade também, ressaltou.

Nesta quarta-feira a temática das discussões no Teatro Juarez Machado, às 20horas, gira em torno do “Movimento LGBT, cultura e diversidade”. O debate será ministrado pela Antropóloga social, Juliana Cavilha, a Doutoranda em

Ciências Hhumanas pela UFSC, Rosa Oliveira, e o Sociólogo Político da UFSC, Fernando José Taques. Para o debate foram convidados também os presidentes dos grupos participantes, Celso Monfort do Grupo Vida e Marcelo Mendes da Associação Arco-Íris, além do presidente da FCJ, Silvestre Ferreira. O evento é aberto ao público em geral e gratuito.

Mix de Cinema e Vídeo

Na quinta-feira  (25/06) a Semana Diversidade Joinville recebe o Festival Mix de Cinema e Vídeo com sessões gratuitas no Teatro Juarez Machado. Os filmes são recomendados para o público com idade a partir dos 16 anos. Os ingressos devem ser retirados no foyer do Teatro 40 minutos antes das sessões. Menores de 16 anos só entram acompanhados dos pais ou responsáveis. Confira a programação completa da Semana da Diversidade no site www.diversidadejoinville.com.br.

Marlise Groth
ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo