Notícias Gerais

Festival de Sabores em Iomerê

Iomerê – No próximo dia 13 de julho, o município de Iomerê vai realizar o II Festival Gastronômico – Sabores de Iomerê. O evento marca a abertura da Semana do Município – que em 2013 completa 18 anos de emancipação político-administrativa.

O cardápio é recheado de delícias. A começar pelas variações da carne suína, que serão apresentadas em duas formas bastante característica e tradicional aos iomerenses: à Paulina e à Pizza. A festa dos sabores inclui ainda costelão de gado assado na lenha por longas oito horas e servido na prancha, em suculentos pedaços, onde a carne desfia de tão macia. O seco de cordeiro – lê-se secó – enaltece a produção local do animal, que a cada ano ganha mais espaço.

E, completando a quadra de carnes, o marreco recheado enaltece a cultura alemã, que junto com a italiana, está incrustada nas raízes do município de Iomerê. A tenra carne, virá acompanhada de um recheio especial, pinçado dos livros de receitas formulados com base na culinária daquele país, ainda no início do século passado.

Agrega-se à estas maravilhas gastronômicas, acompanhamentos tipicamente italianos, formados na base da cultura da pátria que gerou os imigrantes que chegaram à região, como a polenta. No Festival Gastronômico, ela será servida na variedade temperada, que reúne ainda mais sabor, principalmente quando acompanhada de molhos e queijo colonial de cura com tempo, sempre ralado grosso. Há, ainda, no cardápio, a macarronada de molho vermelho, uma das obrigatoriedades da mesa italiana.


As delícias do Festival

Secó de CarneiroSeco de Cordeiro: É o cordeiro em pedaços, cozido com batatas, ao molho de vinho tinto. Leva, ainda, cerveja preta, champignon e louro em sua receita, que é finalizada com molho verde de salsinha e cebolinha. Uma especialidade aprimorada pelo Núcleo de Criadores de Ovinos e Caprinos, que tem sede em Iomerê.

Porco à Paulina

Porco à Paulina: O nome faz referência à comunidade de Linha Paulina, onde a receitsa foi criada. É parecido com o porco à pizza, mas troca-se os ingredientes de cima. No Porco à Paulina, vão maionese, mandioca esmagada ao molho de ossinho e abacaxi picado. É o prato de maior sucesso na Festa do Leitão, que a comunidade realiza todos anos.


Porco à PizzaPorco à Pizza: Criado originalmente na localidade de Bom Sucesso, em Iomerê, o Porco à Pizza ganhou as fronteiras do Brasil e hoje é apreciado de norte à sul, variando sua receita de acordo com os costumes locais. Trata-se de um suíno inteiro, de pequeno porte, desossado e assado sobre calma brasa por três horas, numa grelha especial. A carne ganha aspecto fino, revestida de crocante courinho. Sobre ela, do outro lado, são adicionados ingredientes de cima das pizzas, como queijo, presunto, milho, ervilha, orégano, tomate e outros.

CostelãoCostelão: O costelão de gado assado lentamente, por cerca de oito horas, resulta em uma carne tenra, extremamente macia e de sabor inigualável. Ele será outra estrela do evento, para agradar ao paladar daqueles que não dispensam carne vermelha de qualidade e feita com esmero e paciência.

Marreco Recheado
Marreco Recheado
: Talvez a mais famosa carne da culinária alemã, ela tem lugar garantido no Festival Gastronômico. Seu acompanhamento tradicional, o repolho roxo, também. O marreco recheado é servido assado, inteiro, com recheio semelhante ao de galinha, mas com diferencial nos condimentos.

MacarronadaMacarronada: O macarrão ao molho vermelho encorpado, composto de carne moída ou de frango, é presença garantida no Festival Gastronômico.


Acompanhamentos: O Festival gastronômico terá, ainda, acompanhamentos diversos como arroz, polenta temperada, molhos e saladas diversas. Tudo acompanhado de bom vinho.

“Este evento será uma vitrine aos sabores que Iomerê produz e também à sua cultura” define Luciano. Os ingressos para o evento são limitados e a procura, bastante grande. Por isso, é recomendável a quem não quiser perder a boa mesa, tratar de garantir logo o seu. “A procura é enorme, porque é raro um só evento oferecer uma gastronomia tão variada quanto este”, finaliza.

“O Festival gastronômico será, efetivamente, uma festa, uma ode à boa mesa, com pratos deliciosos, que servirão para recepcionar nossos visitantes”, destaca o prefeito Luciano Paganini.

Edelcio Lopes
LCOM/UNO


Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios