Notícias Regionais

Estudantes em Navegantes aprovam projeto de trocar de salas

Navegantes – A Escola Municipal Professora Neusa Maria Rebello Vieira está realizando uma atividade diferenciada neste último bimestre, através do projeto “Salas Ambiente”. O projeto trabalha em aulas seguidas, cada disciplina em uma sala específica, preparada com materiais didáticos e decorada de acordo com os temas estudados. Por exemplo, ao invés dos professores trocarem de sala, os alunos é que mudam de ambiente, indo para a sala de matemática, depois de geografia, língua portuguesa e assim por diante.

A supervisora escolar Adriana Maccarini explica que com esse projeto, as salas pertencem às disciplinas, desta forma, os alunos é que mudam de ambiente, e as aulas são agrupadas. “As aulas faixas oportunizam uma maior aprendizagem, pois, pelo fato de serem seguidas, dão ao professor uma maior opção de planejamento, podendo trabalhar mais profundamente o conteúdo”, enfatiza a supervisora, lembrando que o projeto é permitido pelas Leis de Diretrizes e Bases Curriculares da Educação, e que não fere os 200 dias letivos.

A diretora da unidade, Sonir Delfino, fala que o projeto deu um novo gás no aprendizado, pois os estudantes tem demonstrado um maior interesse pelas aulas. “Percebemos que o fato deles mudarem de sala, indo para um ambiente que está todo preparado para a disciplina, deu aos alunos uma nova motivação. Isso também aconteceu com os professores, que através desse projeto, passam a ter a sua sala, e que é toda adaptada para o desenvolvimento do conteúdo de sua disciplina”, comemora a diretora.

Para o ano de 2013, a equipe pedagógica da escola vai fazer uma pesquisa de fragilidades e potencialidades do projeto, junto com os alunos e professores efetivos, para decidirem a sequência dos trabalhos.


A Escola Municipal Professora Neusa Maria Rebello Vieira atende 500 alunos, do 6º ao 9º ano, nos períodos matutino e vespertino.

Maila Santos Gaya
ai/UNOPress

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios