Notícias Gerais

Escolas da regional de Mafra recebem tablets para o Ensino Médio

Mafra – O secretário regional de Mafra, Wellington Bielecki, fez a entrega de tablets para as escolas com Ensino Médio da região. A ação faz parte do Pacto pela Educação, lançado pelo Governo do Estado, com recursos para equipamentos, infraestrutura, capacitação e gestão.

Os 117 tablets entregues nesta semana para as escolas de Papanduva, Monte Castelo, Itaiópolis e Mafra, são destinados aos professores efetivos do Ensino Médio das escolas públicas estaduais. Ao todo, foram destinados 204 aparelhos para a SDR (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional) de Mafra.

Na semana passada outros 87 foram entregues para sete escolas das cidades de Campo Alegre, Rio Negrinho e São Bento do Sul. “Esta é mais uma ação do governador Raimundo Colombo na nossa região, investindo em equipamentos e na capacitação dos nossos professores e alunos, mas esta é só uma primeira ação, ainda vem muito mais”, disse o secretário.

O objetivo é instrumentalizar e formar os professores e gestores das escolas públicas para o uso intensivo das tecnologias da informação e comunicação no processo de ensino e aprendizagem. A entrega foi feita às diretoras e técnicos responsáveis pela sala informatizada de cada unidade escolar, onde foram repassadas todas as orientações técnicas e funcionais deste aparelho pelos técnicos do NTE (Núcleo de Tecnologias Educacionais) da SDR Mafra.

Os equipamentos contam com diferentes livros do MEC, que poderão ser utilizados no preparo das aulas, além de outros aplicativos que facilitarão o trabalho do professor dentro e fora da sala de aula. Outro item importante é na questão da segurança, pois em caso de perda ou roubo o aparelho é bloqueado, garantido que a utilização seja feita apenas para o fim que foi destinado.

O evento contou também com a participação da gerente regional de Educação Eliane Hubl e demais integrantes da Gerência Regional de Educação.

Luís Gustavo Fusinato
ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo