Notícias Regionais

Escola Municipal ensina com criatividade história de Videira

ImageVideira – No ano em que Videira comemora 65 anos, alunos da 4ª série da Escola Municipal Vilson Kleinubing mergulharam no contexto da criação da Bandeira do Município e de todo simbologismo utilizado em sua confecção. Em várias aulas eles pesquisaram a origem dos videirenses e criaram, artesanalmente, uma bandeira com todos os elementos que a formam. A atividade de estudo foi coordenada pela professora Ironilda Strapazzon  e primou por detalhes e pelo aprofundamento do tema.

Respaldada pela Lei Municipal nº 29, de 14 de novembro de 1969, que criou e oficializou a Bandeira e o Brasão como símbolos oficiais do município, a professora discutiu e pesquisou com os alunos, todos os elementos escolhidos para compor os dois símbolos. Entre os elementos encontrados pelos estudantes, a ligação com a uva e o vinho, ocupam lugar de destaque. No brasão estão a videira e o chapéu de palha, simbolizando a viticultura e o trabalho do colono-lavrador da terra. Já um garrafão de vinho e um cálice simbolizam a produção de vinhos.

Os alunos descobriram ainda, que a agroindústria também faz a composição do símbolo, através de uma cabeça de javali rodeada de um salame, representando a suinocultura e seu aproveitamento através da industrialização. Outros elementos como o símbolo do comércio, uma engrenagem representando todas as atividades industriais do município, além de três chaves de ouro, representado os três poderes constituídos: o Executivo, o Legislativo e o Judiciário, que simbolizam, simultaneamente os três principais acessos a Videira, também foram identificados. Assim como a presença de dois peixes estilizados, lembrando o Rio do Peixe. “É uma iniciativa simples, mas que surtiu um efeito muito grande, pois aos nos aprofundarmos para descobrir o que cada elemento representava também aprendemos muito sobre a história e a cultura do lugar onde vivemos”, aponta a professora.

Outra iniciativa realizada pelos alunos da 4ª série da Escola Vilson Kleinubing foi  uma poesia em homenagem ao município. Segundo a professora que conduziu a turma – Susimar Chagas, o texto foi elaborado após um passeio pelos principais pontos turísticos de Videira. “Comprovamos que temos lugares únicos, com paisagens exuberantes, com patrimônio histórico e que muitas pessoas ainda não conhecem e não desfrutam destas belezas. Esse passeio com certeza irá surtir efeito junto às famílias dos alunos”, aponta a professora.

Poesia: Videira de alma e coração

Beleza incomum
Simples e complexa
Sonhos que se tornam realidade
Assim somos nós videirenses;

Belezas distintas
Realidades diversas
Cultura multicultural;

Belas paisagens Fonte inesgotável de prazer
Tudo aqui é possível
Desejo de crescer
Depende apenas de sonhar e lutar;

Fonte de grandes riquezas
Belezas naturais
Belas histórias
Não perca tempo! Não demore!

Temos a igreja Matriz
Nosso famoso Museu do Vinho
Centro Cultural
Nosso aeroporto com um moderno Observatório,
A Praça Nereu Ramos
O parque infantil Cidade da Criança
E as vinícolas no turismo rural;

Beleza inigualável
Nação de grandes homens
Berço de belas mulheres
Não perca tempo! Não demore!

Conheça nosso história
Veja a grandeza que somos nós
Nação videirense

Temos fome de crescimento
Desejo de ser e ter
Orgulho de ser videirense
De alma e coração

Fonte:Silvia Palma
Jornalista

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo