Notícias Regionais

Drenagem Urbana da Bacia do rio Cachoeira em Joinville

Joinville – O detalhamento dos estudos e as ações para minimizar problemas de
inundações propostas pelo Plano Diretor de Drenagem Urbana (PDDU) da Bacia
Hidrográfica do Rio Cachoeira impressionaram os membros do Conselho de
Desenvolvimento de Joinville (Desenville), durante a primeira reunião em
2011, nesta segunda-feira (21/2), na sede da Prefeitura de Joinville

“Sinto orgulho por Joinville ter um trabalho como esse, que vai conferir
qualidade ao desenvolvimento da cidade. Ter domínio sobre as inundações,
juntamente com outras obras estruturantes, é um grande potencial
competitivo nos dias de hoje”, disse o conselheiro Ivo Gramkow. Os outros
conselheiros também elogiaram o plano. “É um trabalho rico em informações
e que pensa no Joinville do amanhã”, destacou Ovandi Rosenstock. 

O prefeito Carlito Merss pediu aos conselheiros que abram espaço em suas
entidades para a divulgação dos estudos e ações propostas pelo PDDU, para
que as pessoas tenham mais informação e conhecimento sobre as obras
previstas para os próximos 20 anos. “Queremos um debate sério sobre o
assunto. Temos, agora, um extenso estudo técnico, e é preciso que as
pessoas tenham clareza sobre o que acontece e o que será feito”, destacou. 

O PDDU acabou de ser finalizado e é uma das ações do Viva Cidade (Projeto
de Revitalização Ambiental e Qualificação Urbana das Bacias Elementares
dos Rios Cachoeira, Cubatão e Piraí), financiamento da Prefeitura com o
BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). 

A coordenadora do Viva Cidade, Carla Cristina Pereira, explicou a dinâmica
do plano, a síntese dos estudos e resultados realizados, além da definição
da hierarquização das obras, custos e locais de inundação. Foram três anos
de estudos e 27 audiências públicas para discutir o tema com a
comunidade – a última ocorreu na semana passada. 

O planejamento das obras teve o cuidado de associar dois elementos que
atingem a bacia do rio Cachoeira: chuva e maré. “Temos a chance de
consertar erros do passado e de fazer obras que perdurem, sem ter de
refazê-las pouco tempo depois”, destacou Carla. 

Atualmente, a Prefeitura está trabalhando na sub-bacia do Rio Morro Alto
(controle de inundações nos bairros Glória e América, num total de
investimento de R$ 22 milhões) e dando início às tratativas de captação de
recursos para a execução das obras na sub-bacia do Rio Mathias. 

Novos integrantes

O Desenville recebeu quatro novos integrantes: Carlos Grendene e Diogo
Henrique Otero, por terem assumido a CDL e Ajorpeme, respectivamente; e
Jonas Tilp e Gilberto Boettcher, em função da renovação anual de, no
mínimo, dois membros do Conselho.

ai/24horas

 

 

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo