Notícias Regionais

Defesa Civil registra 80 municípios de Santa Catarina em Situação de Emergência por estiagem

Florianópolis – A Secretaria da Defesa Civil registrou um aumento do número de municípios em Situação de Emergência devido à estiagem em Santa Catarina, que subiu para 80 cidades atingidas. Até o momento, são 489.814 pessoas afetadas pela estiagem no Estado. “Na segunda-feira (16), o governador Raimundo Colombo e uma equipe técnica se deslocam para a região, com o objetivo de acompanhar as demandas dos municípios impactados, priorizando o atendimento às pessoas atingidas”, destacou o secretário de Estado da Defesa Civil, Geraldo Althoff.

Segundo relatório divulgado às 17h40 desta sexta-feira (13), a cidade mais afetada é Chapecó, com população de 183.530 pessoas. São Lourenço do Oeste e Pinhalzinho também estão entre as mais atingidas, com 21.797 e 16.235 habitantes respectivamente.

De acordo com a Epagri/Ciram, a precipitação acumulada das últimas 19 horas foi de 69,2 mm em Dionísio Cerqueira, 56,6 mm em São Miguel do Oeste, 32,7 mm em Xanxerê e 20,6 mm em Joaçaba. Os meteorologistas Venize Teixeira e Clóvis Corrêa informam que, mesmo com a chuva, a estiagem permanece no Extremo-Oeste e Oeste catarinense. Segundo Corrêa, até o dia 15 de fevereiro, a chuva no Extremo-Oeste e Oeste ainda permanece abaixo da média climatológica e deve ocorrer de forma irregular, com possibilidade de chuva pontual com acumulados elevados. “A chuva esperada para o período não resolve o problema da estiagem e abastecimento da
região”, frisou Venize Teixeira.

Recursos federais


Na segunda-feira (16), o governador Raimundo Colombo e o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro, estarão em Chapecó para lançar um pacote de medidas de auxílio aos agricultores afetados pela
estiagem nas regiões Oeste, Meio-Oeste e Extremo-Oeste catarinense. O evento ocorre às 10h30, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nês, em Chapecó.

Assessoria de Imprensa/ Ocapress

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios