Notícias Gerais

Curso para funcionários da Educação aborda malefícios do tabagismo

Florianópolis – As doenças cardiovasculares e o câncer, principalmente o de pulmão, são as que mais causam morte natural no Brasil e estão associadas ao cigarro. Este e outros temas serão abordados na Oficina “Respirando Saúde” que a Secretaria de Estado da Educação, por meio da Diretoria de Desenvolvimento Humano, promoverá na terça-feira (10), a partir das 10h30, na Sala de Reuniões, no terceiro andar do Órgão Central. Participarão do curso funcionários da Secretaria e do Instituto Estadual de Educação.

O foco principal da oficina é a importância da respiração e os males que o fumo pode causar aos fumantes e não fumantes. Segundo estimativas, cerca de 200 mil mortes ocorridas anualmente são causadas pelo cigarro. Para falar sobre isso e ensinar técnicas de respiração o Governo do Estado contratou, via licitação, Empresa Top Med, que conta com uma equipe multidisciplinar, entre médicos, enfermeiros, psicólogos e assistentes sociais.

A primeira oficina sobre o tabagismo foi oferecida em outubro de 2009. A maioria dos relatos de profisionais da Educação que participaram da capacitação foi positiva. “Me senti outra pessoa, mais tranqüila, com os métodos utilizados para o bom respirar, além das informações repassadas durante a oficina”, declara a técnica  do Setor de Redação Oficial da Secretaria, Célia Gaio. Ela informou que os cursistas passaram por entrevista e consultas médicas.

Tabagismo – Dados do “Inquérito Domiciliar Sobre Comportamento de Risco e Morbidade Referida a Doenças de Agravos não Transmissíveis” apontaram, em 2003, que entre pessoas de 15 anos ou mais, residentes em 15 capitais brasileiras e no Distrito Federal, a presença do tabagismo variou de 12,9% a 25,2% nas cidades estudadas


Porto Alegre apresentou o maior número de fumantes, tanto homens como mulheres, e em Aracajú, os índices foram os menores de todo o País. A Educação aparece na pesquisa como um fator positivo de diminuição do número de fumantes.

Malefícios – De acordo com diversos estudos, o tabagismo é responsável por 200 mil mortes no Brasil (23 pessoas por hora) e cerca de 50 doencas diferentes. A pior delas é o câncer de pulmão, responsável por 90% da morte de fumantes 3,3% em fumantes passivos.

O cigarro também pode levar à morte por doença coronaria, bronquite e enfizema, entre outras doenças. Mesmo não levando à morte, pode ainda causar impotência sexual no homem, infecções respiratórias e trombose vascular.

ai/UNO


Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios