Notícias Regionais

Criciúma possui sistema que prevê riscos de enchentes

Equipamentos instalados pela Prefeitura em quatro pontos estratégicos emitirão alertas aos órgãos responsáveis

Criciúma – A Prefeitura de Criciúma, através da Defesa Civil, concluiu a instalação de quatro pluviômetros automáticos em escolas da Rede Municipal de Educação. Repassados pelo Governo Federal, através do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemadem), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), os equipamentos realizarão análises e emitirão alertas de risco de enchentes, enxurradas, inundações e deslizamentos na região carbonífera.

De acordo com a coordenadora da Defesa Civil de Criciúma, Angela Mello, os aparelhos são fundamentais para detectar com rapidez a quantidade de chuva que pode atingir a cidade. “A instalação dos pluviômetros na cidade foi um pedido nosso devido aos desastres naturais registrados com frequência no Sul Catarinense. Os dados captados nos equipamentos serão enviados de forma imediata para o Cemaden, que emitirá alertas se for necessário. Isso vai nos ajudar a manter a normalidade e a segurança da população”, explica.

Instalados por profissionais de São Paulo, os pluviômetros estão localizados nas Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Judite Duarte de Oliveira, no bairro Sangão, José Giassi, na Quarta Linha, e Profª Maria de Lourdes Carneiro, na Vila Francesa. O último equipamento foi anexado no Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM) Profª Glaudinéia Ângela Citadin Furtado, no bairro Vila Rica.


Nos últimos anos, mais de 40 municípios de Santa Catarina foram contemplados com a instalação dos equipamentos digitais. A escolha das cidades é realizada após análise do histórico de desastres naturais nos últimos 20 anos. “Contar com esses equipamentos em nossa cidade não beneficiará apenas os criciumenses, mas toda a população da região carbonífera. Os pluviômetros vão proporcionar mais segurança à comunidade e ajudar a Defesa Civil em suas atividades”, afirma o prefeito de Criciúma, Márcio Búrigo.

Jhulian Pereira
ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios