Notícias Gerais

Cidades do RS em situação de emergência devido as chuvas

Curitiba – Subiu para 19 o número de municípios que decretaram situação de emergência no Rio Grande do Sul devido às chuvas intensas, aos vendavais e ao granizo dos últimos dias. A cidade de Triunfo entrou na lista, segundo levantamento divulgado pela Defesa Civil no final da manhã hoje (30).

De acordo com o órgão, a chuva afetou 46 mil pessoas em todo o estado. O número inclui moradores que tiveram danos em residências e lavouras ou foram prejudicados por estradas bloqueadas, corte de energia elétrica ou de água e cancelamento de aulas.

Balanço da Defesa Civil indica que já foram enviadas às regiões mais atingidas 26 mil telhas, 450 kits com colchão, cobertor e lençol, 300 cestas básicas (de 23 quilos, com 15 itens) e 23 rolos de lona plástica (cada um de 100 metros de comprimento).

O número de desabrigados e desalojados diminuiu. Os desabrigados, que já somaram 1,2 mil caiu pela metade. A população desalojada passou de 3,6 mil para menos de 2,4 mil. A Defesa Civil atribui a queda à redução do nível dos rios nos vales do Caí, Taquari e Sinos.


A governadora Yeda Crusius sobrevoou ontem (29) o Vale do Rio Pardo, para avaliar os estragos causados pelo temporal do último final de semana. Ela visitou a cidade de Vera Cruz, uma das mais atingidas pelo granizo. De acordo com o governo, ela garantiu que a Defesa Civil está preparada para enfrentar os problemas decorrentes de novos temporais.

Além de Triunfo e Vera Cruz, os municípios que decretaram situação de emergência são: Bom Retiro do Sul, Taquari, Tabaí, Cruzeiro do Sul, Venâncio Aires, Mato Leitão, Montenegro, Pareci Novo, São Sebastião do Caí, Parobé, Três Coroas, Maquiné, São Francisco de Paula, Constantina, Tupanci do Sul, Herval e Barra do Guarita.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), nas próximas horas as condições de chuva devem aumentar na Região Sul, incluindo o norte do Rio Grande do Sul.
 
Lúcia Nórcio /ABr


Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios