Medicina e Saúde

Cidade do RS decreta situação de emergência por conta de gripe suína

Brasília – A prefeitura de São Gabriel, no interior do Rio Grande do Sul, declarou situação de emergência por conta do número de casos supeitos de influenza A (H1N1) – gripe suína – no município. Ao todo, 19 pessoas estão sendo acompanhadas. Os resultados das análises de laboratório estão atrasados mas devem ser divulgados ainda hoje (23). A cidade é a primeira no Brasil a adotar a medida.

Todas as escolas – públicas e privadas – tiveram as aulas suspensas. A realização de festivais e shows, além de cultos e manifestações religiosas, também está proibida por causa do risco do vírus se espalhar em meio à aglomeração de pessoas.

Em entrevista à Agência Brasil, a diretora de saúde da Secretaria Municipal de Saúde de São Gabriel, Kátia Raposo Pereira, explicou que um estudante da cidade retornou de Buenos Aires (Argentina) recentemente e apresentou sintomas da doença. O paciente está internado em uma Unidade de Terapia Intensiva e respira com a ajuda de aparelhos.

A decisão do prefeito Rossano Gonçalves de decretar ontem (22) situação de emergência representa uma ação “preventiva” com o objetivo de evitar movimentação pelas ruas. “Escolas e creches, por exemplo, têm um grande público. Preferimos restringir as pessoas caminhando pelas ruas”, disse ela.


O estado do Rio Grande do Sul registra, até o momento, sete diagnósticos confirmados de gripe suína e 15 pessoas em observação – dez delas apresentaram sintomas da doença após viagem à Argentina.

Paula Laboissière/ABr/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios