Notícias Gerais

Catarinenses e paranaenses são maioria nas praias de Itapema

Itapema – Um balanço parcial da participação de turistas nas áreas de esporte e lazer nas praias de Itapema, divulgado na tarde desta terça-feira (18), mostrou que a maioria dos freqüentadores dos espaços até agora são catarinenses e paranaenses. Das mais de 15 mil pessoas que já praticaram atividades, 3457 são de Santa Catarina, enquanto 921 são do Paraná.

As áreas estão instaladas na orla na altura das ruas 133, 157 e 209, na praia Central e 219, 287 e 289, na Meia Praia. Só nas áreas de ginásticas, passados 31 dias de atividades, considerando que em oito dias as atividades não ocorreram por causa das chuvas, foram registrados 7.229 praticantes. Já nas áreas de vôlei de praia passaram 2591 pessoas, enquanto no futebol de areia, 2932 participaram das atividades. O controle da origem e idade dos participantes é feita apenas no vôlei de praia e futebol de areia, onde existe o cadastro dos praticantes das atividades.

Na seqüência dos turistas que mais freqüentaram os locais, 367 argentinos, 281 gaúchos e 138 paulistas estiveram no local. Aparecem ainda com números entre 50 e 100 praticantes pessoas do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Roraima, Acre, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Amazonas, Colômbia, Uruguai e Paraguai.

O relatório parcial aponta ainda que dos 5.523 praticantes, 1.903 têm idade entre 16 a 20 anos, 1522 encontram-se na faixa de 21 a 30 anos, 1.062 com idades entre 10 a 15 anos, 573 entre 31 a 40 anos e 449 acima dos 40 anos. Segundo o Secretário, Ailton Eccel Maçaneiro, estes números são importantes para o Governo saber como e onde divulgar o município. “Estes números podem servir para sabermos onde devemos melhorar a nossa divulgação. As áreas de esporte lazer podem servir como um atrativo para o turista vir para nosso município” considerou Maçaneiro. A Secretaria de Esporte Cultura e Lazer pretende divulgar novos resultados em até quinze dias.

ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo