Notícias Regionais

Casal de Criciúma conquista bronze na Dança de Salão do JASTI

São José e Florianópolis levam o ouro pra casa em categorias A e B

Criciúma – Para competir na dança de salão o casal precisa ter sintonia. Na noite de hoje os idosos da 8ª edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) foram julgados pelos jurados em duas categorias. Uma de 60 a 69 anos e outra a partir de 70 anos. Os casais dançaram três estilos musicais; valsa, bolero e vanerão. A avaliação foi pontuada como nos velhos tempos, com um número atrás dos cavalheiros.

Na categoria A, a de 60 a 69 anos, a cidade de São José levou o ouro com o casal Maria de Lourdes Dutra Mendes e José Ribamar Mota Cajazeiras. Joinville ficou com a prata com o casal Iloisa Terezinha Bellani e Waldemar Clereci. Já Petrolância ficou com o bronze com o casal Anita Martendal e Raulino Martendal.

Na categoria B, a partir de 70 anos, Florianópolis ficou com o ouro com o casal Nilma Neves e Luiz Alberto Caldeiras. A cidade de Balneário Camboriú ficou a prata com o casal Talita de Aquina Magalhães Schwemlein e Raul João Franciso Marchisio. Criciúma ficou com a terceira posição com o casal Edi Bitencourt de Souza e João Batista de Souza. “Dizem que a terceira é a melhor idade, e isso foi o que vimos nesses dias em Criciúma. Como em qualquer competição existe a vontade de vencer e, até certa rivalidade, mas a participação e confraternização é o que importa. Que bom se nós pudermos sempre valorizar os mais idosos, pois se não fossem eles nós não estaríamos aqui”, comentou o prefeito Márcio Búrigo.


Prêmios destaque

Os dançarinos que levaram para casa prêmios pelo seu bom desempenho foram das cidades de Botuverá, Ibirama, Balneário Camboriú e Abelardo Luz.

Um show de tango também foi apresentado na noite com os coreógrafos, Viviane Candiotto e Anderson Felisberto Cristiano, ele foi o professor dos números apresentados por Criciúma na dança de salão.

Foto © Susane Meireles
ai/UNOPress


Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios