Notícias Gerais

Calor intenso persiste em Santa Catarina nos próximos dias

Florianópolis – As temperaturas deverão se manter altas no Estado até, pelo menos, a próxima semana. O meteorologista da Epagri/Ciram, Erikson de Oliveira, explica que esses períodos de calor mais intenso são normais nessa época do ano e podem durar até 15 dias. “Pelo modelo que está se desenhando, só a partir de 20 de janeiro é que deverá chegar uma frente fria capaz de amenizar as temperaturas”, informa. Segundo ele, a onda de calor também é comum durante o verão e, apesar de parecer acima da média, as máximas registradas até agora estão dentro dos parâmetros dos últimos anos.

“São Joaquim, uma das cidades mais frias do Estado já chegou a registrar num mês de janeiro 31°C, nesse ano, até agora, a máxima não passou dos 24°C”, exemplifica o meteorologista. Já a mais alta temperatura do ano ocorreu nesta quarta-feira, 7, em Criciúma. Na cidade do Sul do Estado, os termômetros foram a 37°C. O que, de acordo com o departamento de meteorologia da Epagri, também está dentro do normal já registrado nessa época do ano.

O que pode estar dando a impressão de mais calor é a massa de ar quente e úmida sobre o Estado, por isso, além das altas temperaturas, a sensação de abafamento. O meteorologista também explica que essa condição provoca as pancadas de chuva de verão, que podem ser mais fortes com descargas elétricas, especialmente nos inícios de tarde e noite. “É importante ficar alerta e sempre que o tempo fechar, procurar abrigo em locais seguros”, orienta.

Recomendações da Defesa Civil durante tempestades

Quando uma tempestade se aproxima, entre as principais orientações está não transitar em lugares abertos, próximo a árvores, placas publicitárias ou objetos que possam ser arremessados.

Se houver granizo é aconselhável se proteger em lugares com boas coberturas, como os banheiros das residências, fechar janelas e portas, e não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido a raios e relâmpagos.

Cuidados com a saúde em épocas de calor intenso

O cardiologista Artur Heddad Herdy dá dicas de cuidados em épocas de muito calor. Segundo ele, é essencial manter o corpo bem hidratado com a ingestão de bastante líquido. Além de água, suco de laranja e água de coco podem ser boas opções. A alimentação deve priorizar frutas, verduras e peixe. O ideal é evitar produtos gordurosos como as frituras e o chocolate.

O médico também recomenda que as pessoas com pressão baixa aumentem a quantidade de ingestão de líquidos e acrescentem um pouquinho mais de sal ao cardápio. Atividades físicas devem ser evitadas nos horários de pico do calor, entre 11h e 16h. Atenção redobrada com a hidratação das crianças, que segundo o especialista, apresentam menor solicitação de água. As brincadeiras na água e a exposição ao sol devem ser controladas e sempre com proteção contra os raios solares.

Francieli Dalpiaz
ai/UNOPress

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo