Notícias Regionais

Assistência Social de Bombinhas realiza orientação com Catadores de Recicláveis

Secretarias de Assistência Social e Saúde promovem cidadania em Bombinhas

Bombinhas – Hoje pela manhã a Secretaria de Assistência Social, através do Centro de Referência em Assistência Social – Cras, em parceria com a Secretaria de Saúde, realizaram uma importante ação com os catadores de materiais recicláveis de Bombinhas. Trata-se do prosseguimento do projeto iniciado em dezembro de 2013, do cadastramento, e orientação das pessoas que executam essa atividade no município, de acordo com o Decreto Municipal nº 1882.

Hoje receberam o colete de identificação e fizeram as fotografias para os crachás, sendo que as placas dos veículos serão colocadas num segundo momento. Além das fotografias e orientação de que a atividade só pode ser exercida com o uso dos acessórios, o médico da Unidade Básica de Saúde do bairro José Amândio, Dr. Alexandre Júlio Neto, ressaltou a necessidade de cuidados com a saúde. Também foi realizada uma pequena palestra sobre saúde dos animais, haja vista, que todos são acompanhados por cachorros. Os doutores veterinários Rubens Marcante e Andréa Diedrich Porto orientaram sobre cuidados com os animais e agendaram castração e vacinação.

Além de uma medida de segurança para moradores e catadores de recicláveis que passam a executar a atividade de acordo com a legislação, também foi um trabalho importante de inclusão social e de cidadania.

O Secretário de Assistência Social, Maurício Leal, falou que o intuito é futuramente realizar uma cooperativa, todavia até essa concretização são várias etapas a serem cumpridas.”O processo vai levar algum tempo, é preciso orientação, sustentação para formação e, principalmente, o acompanhamento para que seja um empreendimento de sucesso, tanto profissional, quanto pessoal e social.”

Durante a tarde vários cidadãos que exercem a atividade em Bombinhas e não estiveram na reunião, procuraram pela Secretária para se adequar as normas. A partir de amanhã iniciará fiscalização para averiguar o cumprimento das regras, e, caso não sejam, haverá sanções aos infratores.

Márcia Cristina Ferreira
ai/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo