Notícias Regionais

Asfalto no Arraial do Ouro em Gaspar – Uma boa mentira nas eleições

O Arraial do Ouro fica no começo do Vale do Itajaí. A Rua José Junges é a entrada principal do Arraial do Ouro que fica bem no começo da ponte nova de Gaspar na BR 470. Para quem quer vislumbrar uma natureza pitoresca e um estilo de vida colonial, uma boa dica é conhecer o Arraial do Ouro. Este bairro de Gaspar foi colonizado por alemães, que influenciaram fortemente a cultura e italianos, que trouxeram o cultivo do arroz, e também de açorianos.

por Mauro Queiroz

Para os turistas que passam pela Rua José Junges (antiga Estrada Geral), entretanto, é aconselhável que dêem preferência a fazer o passeio em carro fechado pois a poeira é insuportável em dias secos.

Os moradores em sua maioria idosos no Arraial do Ouro respirando a poeira da estrada completam o retrato de anos e anos de descaso. Os problemas de saúde são tremendos. Principalmente do trato respitatório. As crianças já crescem com algum problema nas vias aéreas. O descaso é uma afronta aos moradores que dia a após dia involuntariamente quase temperam comida com a poeira da estrada que somente cessa quando chove, embora logo o encanto acabe.

É intrigante ver grupos de ciclistas passando pelo Arraial do Ouro. Dá vontade de perguntar: como conseguem tal façanha com essa poeira toda? Caminhar é quase impossível. A dica do doutor é fazer caminhadas para melhorar a saúde! Mas e os pulmões?

Arraial do Ouro em Gaspar


Não é neblina; É poeira!

A poeira não é causada somente por caminhões. Claro que eles produzem muito mais. A poeira é levantada por camionetes, carros pequenos, SUVs, etc. Até moto faz poeira no Arraial do Ouro. O descaso e desinteresse político com a população deste bairro é tão grande que já não se trata mais de infraestrutura mas de um caso de Saúde Pública.

Nas eleições sempre se ouve a mesma ladainha dos políticos canditatos. Sempre a mesma história e a população do bairro é sempre enganada com as promessas e conversas sem fim sobre um tal asfalto que nunca virá.

A Verdade

A verdade é que dificilmente o Arraial do Ouro será asfaltado. As possibilidades o asfalto chegar ao bairro são:

1) Através de um deputado federal que interesse-se genuinamente pelo Arraial do Ouro, conheça as potencialidades do bairro e decida investir parte da sua emenda parlamentar em asfalto e infraestrutura. O que é quase um milagre! Os políticos profissionais somente pensam em votos e número de eleitores.

2) Através de um vereador eleito pelo Arraial do Ouro que seja parte de uma aliança ou grupo que tenha um deputado federal que ouça o clamor do bairo e invista parte da sua verba parlamentar ou por sua influência comova o governo do estado ou a União.

E se estas duas hipóteses não se concretizarem? O povo do Arraial do Ouro deve saber que qualquer outra coisa que disserem é mentira!

A prefeitura de Gaspar sem uma gestão ousada e visionária nunca olhará para o Arraial do Ouro. Primeiro porque falta a união da comunidade. E segundo porque há muita divisão política. Quando a bandeira desta comunidade for somente o Arraial do Ouro, e este for o único foco. Aí sim, o Arraial do Ouro será notado. Até que isso aconteça será somente um bairro de muita poeira.

Mas existe uma terceira possibilidade. Um prefeito visionário facilmente saberia que o polo de crescimento de Gaspar para os próximos anos está na margem esquerda e no Arraial do Ouro uma excelente opção turística e empresarial. Incentivos a implantação de indústrias, confecções, comércios, etc. Trariam grande retorno para a Prefeitura.

Uma solução de Baixo Custo para a poeira do Arraial do Ouro chama-se CON-AID. Esta empresa fica em Joinville e oferece tratamento e estabilização de solo que evita desprendimento de pó em estradas de chão. O método é usado em todo mundo e o site é http://www.conaid.com.br/

Claro que se alguém tiver ideia melhor será bem vinda.

Mas até que isso aconteça pelo menos esperamos que políticos profissionais não encontrem abrigo no Arraial do Ouro com promessa de asfalto.

Mauro Queiroz
UNOPress/SC24Horas

Comentários

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo