Notícias Regionais

Arrozeiras ganham Asfalto no Arraial do Ouro em Gaspar

por Denise Santos A situação do Bairro Arraial do Ouro em Gaspar Santa Catarina é vexatória. Um bairro com uma estrada de chão precária. Parece mais um lugar esquecido pela Administração Municipal, sob o comando do Prefeito Kleber Edson Wan Dall.

A recente pavimentação na rua José Junges, no bairro Arraial do Ouro, alardeada pela Prefeitura de Gaspar (AvançaGaspar) e de acordo com a versão online (clipada) do Jornal Cruzeiro do Vale, datada de 12/10/2018. Foi resultado de uma parceria com a Empresa Britagem Barracão que honrosamente cumpriu sua parte. Conforme a referida matéria, a empresa doou o material para fazer o rachão, bica corrida e base, e a Prefeitura concluíu o asfalto e cedeu a mão de obra, além de parte do transporte. E, de acordo com o Chefe de Gabinete Pedro Bornhausen, ao todo, a pavimentação contemplou um quilômetro da via, sendo 500 metros antes e 500 metros depois da igreja, com sete metros de largura.

O investimento total da obra é de R$ 650 mil. Destes, R$ 420 mil são provenientes de recursos próprios da Prefeitura e a empresa doadora participou com 230 mil. O que impressiona neste caso foi a falta de sensibilidade com as famílias que comem a poeira da estrada já que neste 1km uma única família, uma única casa, foi beneficiada. A Administração Municipal de Gaspar usando o dinheiro do contribuinte. Entra com contra-partida em uma obra que beneficiou poucos.

Numa estrada terrível para carros e que constantemente precisam de manutenção e uma poeira infernal que atormenta a vida dos moradores que vivem à beira da estrada. O Prefeito deveria antes ter analisado quantas famílias seriam beneficiadas de fato com esta pavimentação. Poderia, ter ordenado o começo e término da pavimentação, movendo a demarcação, de forma que mais famílias pudessem ser beneficiadas. já que usou recurso público, na contra-partida e em montante bem maior.

Veja os sites: Cruzeiro do Vale e Site da Prefeitura de Gaspar

O resultado: Uma estrada para arrozeiras e uma Igreja que não tem um padre ou pároco. Mais uma vez vemos como esta administração erra sem um planejamento estratégico adequado. Foto: Site da Prefeitura AI/Jornalista Denise Santos

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo