Notícias Regionais

Arrancadão de Jerico em Iomerê

Iomerê – O que acontece quando veículos fabricados artesanalmente para servirem ao duro trabalho na roça se emparelham no asfalto para uma corrida? O resultado desta inusitada competição poderá ser conferido no domingo, dia 21, à tarde, em Iomerê, onde acontece o Arrancadão de Jerico. O evento integra a programação da Festa Julina do município e inicia às 13 horas.

O Arrancadão é um evento único no Brasil, com estas características. Foi criado para valorizar um dos veículos mais utilizados pelos agricultores nas lides diárias. Além disso, simboliza a categoria, que teve participação decisiva na criação do município de Iomerê. Fabricado a partir de um chassi de caminhonete e motor estacionário, o jerico desenvolve velocidade máxima de 40 km/h.

A competição, a exemplo dos anos anteriores, deverá reunir corredores de toda a região Meio-oeste. “Quem mora nas cidades interioranas sabe que os jericos estão presentes no cotidiano e não raro é o único meio de locomoção de muitas famílias. Por isso resolvemos socializar esse veículo, através deste evento”, explica o presidente da CCO da Festa Julina, Douglas Zardo.

Apesar da baixa velocidade que os jericos desenvolvem, todas medidas de segurança estão previstas no regulamento. “O capacete será recomendado, cada competidor vai correr de um lado da pista separada por canteiro e o público estará bem isolado”. Como se não bastasse, a prova será realizada morro acima. “É para mostrar que eles são veículos de grande força”, resume. As corridas acontecerão com dois jericos, lado a lado, em frente à Igreja Matriz de Iomerê.

Os corredores que forem vencendo são automaticamente classificados para as fases seguintes. “Já temos registrado procura de competidores de algumas cidades da nossa região, principalmente pela peculiaridade dessa competição”. As provas acontecem na avenida São Luiz, em frente à igreja Matriz de Iomerê. O público poderá acompanhar as provas em espaços paralelos à pista.

Muito difundido pela região, os jericos são veículos de fácil fabricação e que muitas vezes fazem o papel de tratores, plantações a dentro. Cada modelo, geralmente fabricado pelo seu dono, reúne características muito próprias do serviço ao qual se presta. Eles contam com motor estacionário, geralmente a diesel e desenvolvem baixa velocidade, porque são direcionados à força.

O Arrancadão de Jerico será dividido categorias distintas: um pistão, dois pistões e força livre. Cada competidor poderá participar em mais de uma categoria, desde que o veículo esteja condizente com o regulamento. Participam da competição veículos produzidos artesanalmente, protótipos com chassi de camioneta com modificações contendo no mínimo cambio, diferencial e carroceria traseira. A parte frontal poderá ser de estrutura tubular, com cobertura ou não, e o motor deverá obrigatoriamente estar localizado à frente do piloto.

Agricultores se preparam

O Arrancadão de Jerico, já mobiliza os agricultores, que voltam a participar do evento depois de cinco anos – período em que ele não foi realizado. O momento é de preparar o veículo usado tradicionalmente na agricultura, para encarar cerca de 200 metros de subida, no arrancadão.

A expectativa é que mais de 20 competidores se inscrevam para as provas, cujas inscrições podem ser feitas no local até meia hora antes do início do evento. Em alguns casos, os agricultores aproveitam os dias que restam para incrementar os veículos.

É o caso de Valcir Toneta, atual campeão da competição na categoria um cilindro. Ele está fazendo uma pequena revisão no veículo para deixá-lo alinhado para a competição. “Não tem muito o que fazer. É tirar ele do campo, levar para o asfalto e acelerar”, justifica ele, acostumado com a disputa.

No dia a dia, Toneta usa o jerico para carregar silagem, rações e grãos. Mas o veículo também se presta a remover pedras, puxar troncos e tudo mais que for necessário. “É um veículo para todo tipo de serviço e que também serve para levar os agricultores para fora da propriedade”, avalia ele, que espera ficar novamente com o troféu da competição.

INSCRIÇÕES
No local do evento ou pelo telefone (49)3539-6000.

QUANDO E ONDE:
Local: Em frente à Igreja Matriz de Iomerê
Data: Domingo, dia 21 de julho, a partir das 13 horas

AI/UNO

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo