Notícias Regionais

Adolescentes da Afasc poderão fazer intercâmbio na Itália

Criciúma – O projeto “Um giro pela Itália” está em fase de crescimento. As atividades que estão sendo realizadas de forma experimental pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Crianças e Adolescentes de 6 a 17 anos da Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc) têm menos de três meses.

A oficina de italiano acontece no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Cristo Redentor e Renascer e na tarde desta quarta-feira (8) recebeu a visita de uma comitiva da Itália. No encontro, os representantes da Associação Trevisani nel Mondo se colocou a disposição para receber 12 usuários do serviço em 2016, em um intercâmbio de dez dias na região do Vêneto.

A comitiva veio a Criciúma acompanhada da presidente do Comitato Vêneto de Santa Catarina (Comvesc), Fabíola Cechinel. Segundo ela, será a possibilidade de os criciumenses conhecerem outra realidade e verem da prática tudo que aprendem na oficina. “Nós vamos entrar em contato com as pessoas responsáveis para que a região do Vêneto ajude nas despesas dos adolescentes que tem sobrenomes vênetos”, destacou. A ideia do intercâmbio é a de levar para Itália seis adolescentes no mês de maio e outros seis em setembro. “Lá eles ficarão nas casas das pessoas da associação, pois eles também trabalham com projetos sociais. O único custo será com as passagens”, completou.

Segundo a presidente da Afasc, Bebel Búrigo, a instituição irá elaborar um projeto para buscar o apoio das empresas de Criciúma nesta ação social. “Contamos com a ajuda dos empresários para que possamos levar esses adolescentes para conhecer, ainda mais, a cultura e língua italiana.”, salientou. A presidente da associação Trevisani nel Mondo, Sara Barro, ficou encantada com o projeto. “Fomos muito bem acolhidos, inclusive com a bandeira da Itália, e percebemos que em pouco tempo as crianças já aprenderam muitas palavras”, comentou.


Ainda neste ano, os italianos se comprometeram em mandar para a Afasc livros, gibis, entre outros materiais que poderão auxiliar nas oficinas. No projeto as crianças e adolescentes estão conhecendo um pouco sobre a cultura, culinária e língua italiana. A meta é estender o projeto para os outros quatro CRAS onde a Afasc está presente com o serviço de convivência.

Jussi Moraes
ai/UNOPress

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios