Comportamento

A felicidade realiza nossos sonhos

por Mauro Queiroz

É natural a gente acreditar que somente seremos felizes quando nossos forem realizados. Mas, estamos enganados, pois é justamente o contrário. É a felicidade que agora temos ou experimentamos que criam a atmosfera que fazem os sonhos tornarem-se realidade.

Sonhos nascem da aspiração e do desejo de felicidade e somente numa atmosfera feliz é que podem ser realizados. A alma cheia de ansiedades, preocupações, amargura, sentimentos de rancor, mágoas e uma vida atribulada não fazem sonhos tornarem-se realidade.

Na atmosfera de rancor e de ódio não há sentimento de bem estar para realização de um sonho, ou seja, não há uma atmosfera feliz. Por isso devemos primeiramente buscar com todo esforço, inteligência e sabedoria a libertação das coisas que produzem mágoa, rancor, ressentimentos e ansiedades para poder então ter em nossas vidas uma atmosfera que permitam haver sentimentos de alegria, gratidão, paz e felicidade. Porque somente nesta atmosfera realizaremos nossos sonhos.

Segundo a Lei da Atração somente sentimentos bons atraem coisas boas. E aí está o paradoxo! Pensarmos que somente seremos felizes quando nossos sonhos tornarem-se realidade. Isto é um engano!

É justamente a nossa felicidade que fará os sonhos tornarem-se realidade. Por isso, infelicidades trazem mais infelicidades, dores, doenças e até a morte.

Na bíblia temos uma pista desta verdade no livro de Marcos 11.24 diz : “Por isso, vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco”. O entendimento que temos é que Jesus sabia o que dizia. Pois no momento que cremos que já recebemos, é gerada em nós a paz e a felicidade necessária justamente para a relização do sonho ou desejo. A atmosfera perfeita!

A nossa felicidade exige urgência na libertação das coisas, situações ou pessoas que nos fazem viver em tensão, angústia,ansiedades ou mágoas reincidentes.

As vezes até desejamos mesmo libertar-nos de uma pessoa, circunstância ou pensamento. Contudo, o que passamos foi tão forte e a perplexidade tomou conta da nossa mente que é quase impossível livrar-nos destes pensamentos.

É comum em meio ao trabalho e até em reuniões pensarmos : Por que? Como pude ter tanta ingenuidade? Como pude acreditar? Ainda não acredito que isso aconteceu? Que traição? Que vergonha?

Estes pensamentos levam-nos mais e mais para o fundo do poço e nos aprisionam numa tragédia sem fim. Isto também coloca-nos totalmente numa atmosfera de dor e mágoa que jamais se dissipa. Neste caso, os sonhos ficam somente numa saudosa lembrança e nada de novo acontece.

O princípio é ser agradecido! Seja pelo emprego simples ou pela casa alugada. Afinal, que bom você pode pagar seu aluguel. Ah, e os amores!? Bem, pessoas amargas atraem pessoas amargas. A alegria traz alegria! A lamentação é a persistência da mágoa.

Aprendi que perdão não é o resultado de um sentimento mas de uma decisão. Para o nosso próprio bem isso precisa ser assim.

Jesus disse : Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. Vida é muito mais que respirar e comer. E a bíblia diz ainda : Sobretudo guarda o teu coração porque dele procedem as fontes da vida! (Provérbios 4.23)

Algumas dicas práticas que ajudar a encontrar o caminho da felicidade:

1. Aceite as perdas como algo que não era pra ser. As perdas são portas para uma felicidade maior

2. Nas perdas exercite o perdão como resultado de decisão e não do sentimento;

3. Evite pessoas que unem-se a você na dor elas somente fazem mais mal;

4. Não aceite em si mesmo(a) os termos : Sou um otário(a)… Como fui burro(a)…

5. Ao invés de usar adjetivos como acima… exercite : Sou generoso(a), dedicado(a);

6. Acredite que você fez seu melhor;

7. Creia que muitas alegrias ainda estão por vir.

Seja Feliz… Os sonhos se realizarão logo depois.

Mauro Queiroz, Jornalista

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo