Criação de Sites


Estatinas podem ser a chave para derrotar o câncer

Invasão de domicílios seguido de agressão é crime hediondoCientistas britânicos afirmam que as estatinas (sinvastatina, rosuvastatina, atorvastatina, etc., medicamentos usados para baixar o colesterol) podem reduzir pela metade as chances de alguém morrer de câncer.

Um estudo com quase 23000 pacientes com câncer revelou que aqueles que tiveram níveis elevados de colesterol diminuiram tiveram 47% menos probabilidade de morrer de quatro formas mais comuns da doença.

Os pesquisadores estão convencidos de que isso possível porque eles estavam tomando estatinas que deu um efeito fundamental, proteger contra o crescimento do tumor.

A descoberta na Universidade de Aston, em Birmingham irá adicionar às orientações para pacientes o uso de pílulas rotineiramente no tratamento do câncer para baixar o colesterol.

Isto reitera uma série de estudos recentes, que demonstraram que os pacientes que tomam estatinas tinham muito menos probabilidade de morrer da doença. Há apenas um mês antes, uma equipe do Institute of Cancer Research, em Londres descobriu que as pílulas reduzem o risco de câncer de mama em até 50%.

E dois grandes estudos nos Estados Unidos mostrou que as estatinas reduziu o risco de morte de câncer, entre 22% e 55%, dependendo do tipo de tumor.

Os pesquisadores acreditam que o colesterol no sangue serve de combustível para o crescimento do tumor e incentiva câncer se espalhar e voltar. Mas, como as estatinas reduzem os níveis de colesterol, elas ajudam a prevenir o câncer se tornando muito menos mortal.

Para este último estudo, os pesquisadores analisaram informações de 22,677 pessoas que sofrem de câncer de pulmão, mama, próstata e intestino, retirados de um banco de dados de cerca de 1 milhão de pacientes. Todos foram internados em hospitais no Reino Unido com câncer entre janeiro de 2000 e março de 2013, e as informações anónimos informações sobre as suas outras condições de saúde - incluindo se eles tinham colesterol alto - estava disponível.

As estatinas têm um efeito protetor sobre o tecido mamário e podem ajudar a prevenir o retorno do câncer de mama

As estatinas não custam caro e ajudam a eliminar o acúmulo de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos que são de depósitos de colesterol e que desencadeiam ataques cardíacos e derrames.

Por isso, tem havido crescente evidência de que eles também oferecem outros benefícios de saúde essenciais, podendo até reduzir o risco de doença de Alzheimer. Mas alguns médicos permanecem céticos sobre o uso das pílulas porque eles podem causar efeitos colaterais debilitantes incluindo dores musculares e diabetes.

Dr. Rahul Potluri, autor sênior deste estudo mais recente, sugeriu que novos estudos poderiam mostrar se outros medicamentos para a saúde cardiovascular - tais como beta-bloqueadores e inibidores da ECA - também poderia ter um efeito semelhante, de proteção em pacientes com câncer.

por Mauro Queiroz/ai/UNOPress

Nível Rio Itajaí
Seu Signo
Tempo em SC