Criação de Sites


Moda Feminina

Moda Latine

Matrículas para Oficina de Escrita e Leitura Braille

Blumenau - A Fundação cultural de Blumenau está com matrículas abertas para o Curso de Capacitação de Professores “Técnicas de Escrita e Leitura Braille”, ministrado por Eliane Luchini, da Associação Brasileira de Educadores de Cegos. O curso é dirigido a pedagogos, professores, pesquisadores e aberto à comunidade em geral. O sistema Braille serve como instrumento de comunicação e acesso à informação e dá noções de como lidar com a pessoa cega. Maiores de 10 anos podem participar das aulas práticas, que terão a duração de 30 horas. Mais informações sobre o Braille podem ser obtidas no Casarão das Oficinas, que fica na Rua Alwin Schrader, 44, ou pelo telefone 3326 6311.

Moda Latine


As aulas acontecem às terças e quartas-feiras, das 18 às 20 horas.

Técnicas de Escrita e Leitura Braille

O Braille, estruturado como sistema de escrita e leitura, continua sendo, até os dias de hoje, uma ferramenta insubstituível de comunicação, de breve consumo e de acesso à informação de natureza imediata e objetiva. Tem como finalidade difundir o sistema Braille como instrumento de comunicação e de informação, de caráter universal, de acesso comum a todos, pessoas cegas ou não.

Como dinâmica, o desenvolvimento de atividades práticas que levem ao reconhecimento e à exploração de cada um dos caracteres Braille, pela distinção de letras, conduzindo à identificação, pela leitura, e conseqüente ato da escrita, em grupo ou individualmente, de palavras curtas. Isso se fará mediante demonstração da funcionalidade do sistema como um todo, com atividades de escrita e leitura, tarefa a ser executada pelos participantes, de forma alternada.

A percepção do Braille pode ser alcançada pela exploração tátil estimulada desde os primeiros anos. O contato com os caracteres em Braille projeta para a pessoa cega particular habilidade, capaz de colocar o mundo real ao alcance dos seus dedos.

Orientação e Mobilidade

Os estudos sobre deficientes visuais mencionam que a Orientação e Mobilidade, disciplina que atinge a grade curricular dos alunos ou reabilitando deficientes visuais, tem lugar primordial. Os conceitos de liberdade, movimento e acessibilidade formam o tripé desta disciplina. Na oficina serão trabalhados os mencionados conceitos, através de vivências práticas utilizando-se da técnica de cegueira simulada. Serão propostas atividades onde o objetivo primordial será a aquisição de uma técnica segura para "caminhar sem ver".

O objetivo é proporcionar aos participantes vivências corporais onde os sentidos, excluindo-se o visual, reconfigurem-se na intenção de conhecer, explorar e caminhar num ambiente fechado.

A oficina proporciona também experiência com os outros sentidos (tato, olfato e paladar), domínio do corpo no espaço (lateralidade), relação corpo-espaço, exploração do espaço e o caminhar com segurança.

Marilí Martendal/ai/UNO

Moda Latine
Tempo em SC
Nível Rio Itajaí
Seu Signo