Criação de Sites


Moda Feminina

Moda Latine

Prefeitura interdita ginásio após vistoria de engenheiros no bairro São Cristóvão

Barra Velha - O prefeito Samir Mattar (PMDB) determinou hoje pela manhã (dia 28 de outubro, quarta-feira) o embargo do ginásio de esportes Valdir Nazário, do bairro São Cristóvão, em Barra Velha, após a vistoria feita ontem pela empresa USS Construções Ltda., responsável pela construção do espaço esportivo, no final do ano passado. O ginásio está com o telhado parcialmente descoberto desde o vendaval do último dia 8 de setembro, e sofreu o rompimento de um “tirante” (cabo aço) usado para firmar os blocos pré-moldados.

Moda Latine


Segundo a vistoria feita pela empresa, juntamente com o engenheiro Marcelo Metelski, da Prefeitura, o tirante deve ser soldado o mais depressa possível, pois foi constatada que as paredes foram abaladas com a pressão do vento, e não apenas por isso – houve um desmoronamento de terra na ocasião das enchentes de 22 de novembro do ano passado, o que também causou danos à estrutura. Segundo Metelski, não havia garantias da empreiteira com relação a eventos climáticos como um vendaval, portanto, a Prefeitura terá de arcar com o custo da reforma.

O embargo deve perdurar até que a reforma aconteça. A Secretaria de Finanças da Prefeitura já está providenciando o levantamento de custos para reformar o local. Não há prazos para esta reforma. A vistoria apontou ainda a necessidade de troca das portas do prédio – estranhamente construídas em vidro, o que não é usual para ginásios esportivos – e a USS apontou que não há garantias do uso de telhas transparentes como as que foram destruídas pelo vento. A Prefeitura, entretanto, optou na época por essas telhas em virtude da economia de energia elétrica.

Marcelo atesta que a decisão do prefeito foi a mais correta. “O ginásio deve ficar sem nenhuma atividade até que se faça a recuperação do tirante, pois corre o risco de estourar outro, devido à pressão que está recebendo, e haver um colapso da estrutura, caindo todas as paredes”, observa o engenheiro, em seu relatório.

Desde que foi inaugurado, o ginásio Valdir Nazário recebe críticas. Foi construído ao lado de uma encosta, que desmoronou na enchente de novembro do ano passado. Sem drenagem, o ginásio sofreu uma inundação que comprometeu o seu piso. Segundo a empresa USS, o ex-prefeito Valter Zimmermann (DEM) foi alertado na época que o piso poderia trincar devido à falta de drenagem. A comunidade reclama ainda que a obra foi feita com arquibancadas pequenas demais – o espaço não poderá, por exemplo, receber uma competição entre escolas, pois não há espaços adequados para as torcidas.

O Ginásio Valdir Nazário é a quarta construção pública da gestão passada a apresentar problemas em 2009. Já foram chamadas as empreiteiras responsáveis pela reforma do ginásio Alfredo José de Borba, no centro da cidade, que também teve tirantes também rompidos; houve reformas na estrutura da COHAB Nova do bairro São Cristóvão, no início do ano (em que rebocos e pisos foram construídos após a constatação de areia de praia foi usada na obra das casas), e foi concluída a reforma emergencial da Escola Reunida Prefeito Bernardo Aguiar, em Pedras Brancas, que sofreu com rachaduras em várias salas.

Fonte: Marcelo Metelski  - Engenheiro da Prefeitura

Moda Latine
Tempo em SC
Nível Rio Itajaí
Seu Signo