Criação de Sites


Moda Feminina

Moda Latine

Pescadores ganham 30 novas casas em Barra Velha

Barra Velha - Uma nova e positiva etapa das vidas de 30 famílias de pescadores artesanais de Barra Velha começa a ser escrita na próxima terça-feira, dia 27 de outubro. Neste dia, a Cooperativa de Habitação dos Agricultores Familiares dos Três Estados do Sul (Cooperarhaf), juntamente com a Prefeitura de Barra Velha, Epagri e Colônia de Pesca Z-4 apresentam a proposta do convênio para a construção de 30 moradias para famílias que recebem até três salários mínimos e não possuem casa própria.

Moda Latine

Os pescadores passarão a ser mutuários e receberão casas de alvenaria de 36 a 46m². Segundo o prefeito Samir Mattar (PMDB), serão 16 unidades construídas em terrenos diversos do centro de Barra Velha, de propriedade dos pescadores. Outras oito serão erguidas na área da COHAB nova do bairro São Cristóvão, e seis em Itajuba, também em área de propriedade do município. O valor da prestação ainda está definido aos mutuários, mas pela regulamentação da cooperativa, não pode ultrapassar 20% da renda total da família.

O início das obras em Barra Velha será anunciado dia 27, segundo informa a diretora de Habitação da Prefeitura, Isabel Borba. As unidades serão construídas com recursos da Cooperhaf, dos Ministérios da Pesca e da Integração Nacional, além da Prefeitura. Isabel, entretanto, destaca que estas moradias serão para os pescadores, e não para os seus filhos – estes, por sua vez, para concorrer a benefícios federais, precisam estar cadastrados no Probave, programa específico da Prefeitura barravelhense. A diretora comenta que o avanço nas negociações visando a liberação das casas só foi possível devido ao empenho em cadastrar as famílias interessadas no site da cooperativa.

Isabel frisa ainda que todo o trabalho que está acontecendo no setor de Habitação em Barra Velha é fruto da iniciativa do prefeito Samir, já que todos os cadastros feitos na Administração anterior desapareceram ou não foram entregues. “Inclusive, estas casas para os pescadores não eram compromisso do prefeito Samir, que assumiu a negociação”, acentua.

A solenidade de lançamento acontece a partir das 18h30, na Colônia de Pescadores Z-4, e para ela, a Prefeitura está convocando todos os pescadores cadastrados na colônia. A partir desse lançamento, a assistente social da Cooperhaf, juntamente com um engenheiro, vão analisar as condições de cada família. Na mesma ocasião, a agente operacional técnica da Epagri, Rosangela Carvalho, fará a apresentação do programa de Monitoramento Participativo da Pesca Artesanal em Barra Velha.

ai/UNO

Moda Latine
Tempo em SC
Seu Signo
Nível Rio Itajaí