Criação de Sites


Moda Feminina

Moda Latine

Projeto de Desenvolvimento Regional Sustentável

Barra Velha - Produtores de banana de Barra Velha participam a partir de amanhã (terça-feira, 16 de junho) das reuniões promovidas pelo escritório local da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) para discutir o Projeto de Desenvolvimento Regional Sustentável, o DRS.

A reunião com os bananicultores inicia às 19h, no salão da igreja de Rio Novo, e servirá para Rosangela Carvalho, assistente operacional técnica da Epagri, explicar os conceitos de Desenvolvimento Sustentável – que é aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras garantirem suas próprias necessidades.

A iniciativa tem apoio da Secretaria de Agricultura e Pesca da Prefeitura de Barra Velha, juntamente com a agência do Banco do Brasil no município, através da gerente Terezinha Barbosa. De acordo com Rosangela, a ideia é mobilizar os produtores de banana para garantir a geração de renda e envolver mais trabalhadores na cadeia produtiva da banana, que foi escolhida para este início de reuniões por ser a produção agrícola de maior destaque na região.

“Queremos um desenvolvimento de forma não esgotável, inclusivo e participativo, considerando nossas características locais e natureza econômica, cultural, social e ambiental”, observa Rosangela.

Segundo Terezinha Barbosa, o Banco do Brasil participa das reuniões do DRS para esclarecer sobre a liberação de recursos para operações de crédito para investimento e custeio em linhas já existentes como Proger, Pronaf, linhas do BNDES, entre outras. A agência prestará consultoria financeira aos bananicultores.

Além do Rio Novo, acontecerão também reuniões com produtores em Medeiros, na quarta-feira, dia 17, e no Itinga 2, na quinta-feira, dia 18, sempre nos salões da igreja católica. Todos os produtores dos demais bairros ou localidades estão convidados. O fone para informações na Epagri de Barra Velha é o 3456-0137. Barra Velha atualmente conta com 54 famílias que vivem diretamente da produção de banana em todas as suas comunidades do interior.

Fontes:Rosangela Carvalho
Assistente Operacional Técnica da Epagri
Juvan Neto - Jornalista
Moda Latine

Moda Latine
Nível Rio Itajaí
Seu Signo
Tempo em SC